Copa Libertadores

Focado na Libertadores, Grêmio deve sair na frente do Botafogo na busca por uma vaga nas semifinais

Depois da inesperada derrota para o Vasco no Brasileirão, Grêmio se concentra na busca por uma vaga nas semifinais da Copa Libertadores. E para isto, precisa derrubar o Botafogo no Engenhão.

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Botafogo e Grêmio fazem, nesta quarta-feira à partir das 21:45 (SporTV), o jogo de ida pelas quartas de final da Copa Libertadores da América e por mais que meu camarada Miguel insista em dizer que o alvinegro carioca está melhor e que o tricolor gaúcho vem perdendo rendimento na temporada, apenas um desastre será capaz de tirar a equipe portoalegrense das semfinais.

 

Histórico recente

Ao longo da história, Botafogo e Grêmio enfrentaram-se em 63 ocasiões. Foram 23 vitórias gaúchas, 21 cariocas e 19 empates. Pelo Brasileirão de 2017, tivemos uma vitória para cada time como mandante (2 a 0 para o Grêmio em Porto Alegre e 1 a 0 para o Botafogo no Rio). Mas, nos últimos 7 confrontos diretos, a vantagem é tricolor: foram 4 vitórias gremistas contra 3 botafoguenses – sendo a última, o 1 a 0 mencionado acima no returno do Campeonato Brasileiro.

 

A jornada na Libertadores

É inegável que o Botafogo chega para o duelo de amanhã com a moral alta. Em sua improvável caminhada até as quartas de final deixou pelo caminho Colo-Colo, Olimpia, Estudiantes, Nacional-COL e Nacional-URU – todos ex-campeões do torneio. Como se isto não fosse o suficiente, o valente time de Jair Ventura derrubou o Flamengo no último domingo pelo Brasileirão e quebrou o tabu de 2 anos e meio sem vitórias sobre o rubro-negro. Mas será que isto basta para parar o Grêmio de Renato Gaúcho?

O tricolor não vem fazendo um bom segundo turno no Campeonato Brasileiro – foram apenas 4 pontos conquistados em 12 possíveis até aqui. Para “ajudar”, perdeu do Vasco por 1 a 0 em São Januário naquele que pode, sem a menor dúvida, ser chamado de “o pior jogo do Grêmio em 2017”. Mas, na Libertadores, por outro lado, o Grêmio vem mantendo sua consistência. Joga sem correr grandes riscos e sempre “com o resultado embaixo do braço”. Garantiu o primeiro lugar no Grupo 8 e se livrou do Godoy Cruz nas oitavas de final sem maiores perrengues. Há tempos focado na competição internacional e na Copa do Brasil – de onde foi eliminado pelo Cruzeiro –, o tricolor gaúcho dificilmente repetirá no Engenhão uma atuação tão desastrosa quanto a da última rodada do Brasileirão. Pior para o Botafogo, que precisará encarar de frente o time que ainda joga “o melhor futebol  do Brasil” no momento.

 

Força internacional

Olhando a experiência internacional, a vantagem gremista é gigantesca. Enquanto que o Botafogo, além de 2 títulos do Campeonato Brasileiro, possui apenas um vice-campeonato da Recopa Sul-Americana, em 1994 – vamos combinar que não é lá uma grande conquista –, o Grêmio tem em sua sala de troféus 2 títulos do Campeonato Brasileiro, 5 da Copa do Brasil e 2 Copa Libertadores – além de uma Recopa Sul-Americana, que não é lá uma grande conquista mas é melhor ser campeão do que vice (certo Miguel?).

 

Prováveis escalações

Botafogo e Grêmio devem ir para o jogo com as seguintes formações:

Botafogo: Gatito Fernández; Arnaldo, Marcelo, Igor Rabello e Victor Luis; Bruno Silva, Matheus Fernandes, Leandrinho (João Paulo) e Leonardo Valencia; Rodrigo Pimpão e Roger. Técnico: Jair Ventura.

Grêmio: Marcelo Grohe; Léo Moura (Edílson), Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Jaílson, Arthur, Fernandinho, Luan (Léo Moura, Arroyo ou Éverton) e Ramiro; Lucas Barrios. Técnico: Renato Gaúcho.

 

Palpite

Mesmo jogando em casa e com a torcida à favor, a história do Botafogo na Libertadores 2017 deve chegar ao fim nas quartas de final – um desempenho muito honroso e que merece uma salva de palmas, Miguel.

Não acredito em um placar elástico – na Libertadores o Grêmio tem sido mais eficiente do que goleador –, e o 1 a 0 ficará de bom tamanho para a equipe gaúcha. Mas não será surpresa se o tricolor se contentar com o empate e deixar para decidir tudo em seus domínios, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

 

Quartas de final, jogos de ida

Quarta-feira, 13 de setembro:

  • 19h15: San Lorenzo x Lanús – palpite: San Lorenzo.
  • 21h45: Barcelona x Santos – palpite: Santos.
  • 21h45: Botafogo x Grêmio – palpite: Grêmio.

 

Quinta-feira, 14 de setembro:

  • 21h45: Jorge Wilstermann x River Plate – palpite: empate.

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Botafogo segue em alta e busca sair na frente do Grêmio na Libertadores | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar