Ganhador.com

Carioca

Fluminense bate o Flamengo nos pênaltis e é campeão da Taça Guanabara

Fluminense campeão da Taça Guanabara
Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C./Divulgação

Torcida única: será um mal que vem para bem? De acordo com os dirigentes e torcedores do Flamengo e do Fluminense, não. Após conseguir uma liminar para suspender a decisão judicial que proibia a presença da torcida visitante na final da Taça Guanabara, os dois times cariocas mostraram que são capazes de lidar com a tradicional rivalidade em jogo decisivo sem — literalmente — se matar. O Fla-Flu foi marcado por emoção, garra e aquela rixa entre as torcidas que torna os clássicos tão emocionantes, mas sem a violência temida por muitos.

Em campo, um show de futebol. O jogo foi emocionante do início ao fim, com direito a duas viradas. Começou ágil, com pressão do Fla no campo tricolor. Porém, em um rápido contra-ataque, Wellington Silva atravessou o campo inteiro e abriu o placar aos 5 minutos, deixando o zagueiro Pará no chão. O Rubro-Negro não demorou a reagir. Três minutos depois, Arão igualava o placar após cobrança de falta de Mancuello e uma verdadeira batalha de entra-não-entra dentro da pequena área. Aos 24 do primeiro tempo, Everton aproveitou um rebote após bela defesa de Muralha e marcou para o Flamengo, fazendo a primeira virada da partida. O Flu voltou a empatar com cobrança de pênalti de Henrique Dourado, e virou de novo, dessa vez com gol de Lucas, após passe em profundidade de Wellington Silva.

Os times foram para o intervalo com o placar favorável para os donos da casa. O Flu procurou controlar o ritmo da partida no segundo tempo, mas não conseguiu evitar o gol de Paolo Guerrero no finalzinho, em cobrança de falta. Com mais de 25 mil pagantes, a torcida mista do Fla-Flu testemunhou um empate suado para os dois lados. Depois de 90+2 minutos de pura adrenalina, a decisão da final da Taça Guanabara foi para os pênaltis.

Diego começou a cobrança de pênaltis marcando para o Fla. Pelo Flu, Lucas chutou perto do meio, mas Muralha caiu para o outro lado. Paolo Guerrero bateu um míssil e marcou o segundo. Henrique Dourado acertou bem no cantinho, igualando. Réver cometeu a primeira falha para o lado Rubro-Negro, quando o goleiro Júlio César defendeu sua cobrança com os pés. Mesmo caindo para o lado certo, Muralha não alcançou a bola de Marquinhos, que deu prosseguimento à sequência de acertos do Flu. Rafael Vaz bateu para fora. Por último, Marcos Júnior chutou entre o braço e a perna de Muralha, e já correu para o abraço.

O Fluminense é campeão da Taça Guanabara. Além de levantar o caneco do primeiro turno da competição, garantiu uma vaga antecipada nas semifinais do Campeonato Carioca. Foi uma vitória impressionante!

Agora, quanto teria valido essa mesma vitória, em jogo único, se não houvesse a presença da torcida adversária? E, se o resultado fosse o contrário, qual teria sido a graça da vitória do Fla sem o barulho dos torcedores? A final da Taça Guanabara teve todos os ingredientes para um jogo inesquecível: belos lances, viradas emocionantes e a energia dos fãs do esporte. Flamengo e Fluminense formam uma das maiores rivalidades do Brasil. Porém, quando se unem, quem sai ganhando é o bom e velho futebol brasileiro. E, independentemente do resultado da partida, nesse fim de semana as duas agremiações comemoraram este triunfo.

 


 

Taça Rio

E o Campeonato Carioca não para! De 9 a 11 de março, teremos a 1ª Rodada do segundo turno da competição: vem aí a Taça Rio! Neste segundo turno, os times do Grupo B enfrentam os times do Grupo C, e os dois melhores de cada vão para as semifinais.

Fique ligado no Ganhador.com, que em breve teremos prognósticos para as partidas!

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar