Ganhador.com

Brasileirão Série A

Flamengo x Sport: Vanderlei Luxemburgo e título de 1987 esquentam o duelo desta noite

Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Os dois times querem reagir – o Fla é o 12º no Brasileirão, e o Sport, só o 15º

Flamengo e Sport são times de cidades, estados e regiões distantes entre si. Mas o duelo entre ambos às 21h45 desta quarta-feira (7) na Ilha do Retiro, em Recife, bem que poderia ser considerado um clássico, tamanha a quantidade de atrações que a partida leva a campo no horário nobre desta quinta rodada do Brasileirão.

   

UMA LEGÍTIMA CRIA DA GÁVEA

Talvez a principal atração seja mesmo o reencontro do Flamengo com Vanderlei Luxemburgo, o novo técnico do Sport. Luxemburgo é torcedor declarado do Rubro-Negro do Rio, tendo comandado o time em quatro ocasiões, mas jamais brilhando pelos lados da Gávea. Sua única conquista de relativa expressão com o Flamengo foi o Carioca de 2011.

O laço de Vanderlei com o Fla é ainda mais longo se a gente lembrar que ele era jogador – lateral-esquerdo – da geração dourada do clube, nos anos 1970, quando o hoje treinador era reserva do histórico Júnior “Capacete”, grande craque do clube e da Seleção.

Trazendo para a atualidade, Luxemburgo não vem tendo vida fácil no Sport. Ele estreou na semana passada sendo eliminado pelo Botafogo na Copa do Brasil; no Brasileirão, perdeu para o Avaí no fim de semana por 1×0. O clube até aqui soma só quatro pontos, ocupando a 15ª colocação e sendo assombrado pela zona de rebaixamento.

Vanderlei à parte, o confronto desta noite ganha ares de rivalidade acirrada também pelo Brasileiro de 1987.

Naquele ano, Flamengo e Sport foram ambos declarados campeões, mas de módulos diferentes. O Flamengo enfrentou e venceu todos os times da elite – o Sport fez o mesmo com as equipes daquela que seria equivalente hoje à Série B. O regulamento previa o cruzamento entre as duas equipes, algo que o Flamengo não aceitou, daí muitos até hoje falarem que o real campeão brasileiro de 1987 é o Sport – e não o Fla.

Exatos 30 anos depois, muitos torcedores fazem dos encontros entre ambos no atual Brasileirão como um verdadeiro tira-teima para decidir quem de fato é o ganhador do torneio de três décadas atrás.

   

MUITA COBRANÇA, POUCO FUTEBOL

Mas tal responsabilidade talvez seja exagerada para os clubes na atualidade. O Flamengo também encontra dificuldades, assim como o Sport. O Rubro-Negro da Gávea foi campeão carioca, é verdade, mas hoje está só na 12ª colocação no Brasileiro, com seis pontos. Sem perder, é verdade, mas também sem ganhar desde a segunda rodada.

“Nós estamos em um momento da competição em que precisamos engrenar e encostar nos líderes o mais rapidamente possível. Não podemos adiar isso, seja jogando em casa ou no estádio do adversário”, falou o lateral-direito Pará.

O Flamengo, porém, prega respeito ao Sport e ao seu treinador. “Este Campeonato Brasileiro é muito equilibrado. O Flamengo está sempre preparado para enfrentar o pior jogo possível, pois esse ano tem mostrado que o grau de exigência está ficado cada vez mais alto. O Sport é muito forte dentro de casa”, analisou o técnico Zé Ricardo.

O Fla está sem saber que time levar a campo. Uma grande possibilidade é o retorno de Diego, recuperado da lesão no joelho. Se ele tiver condições de ser titular, assume o lugar de Ederson.

Duas baixas, porém, já estão certas: o lateral-esquerdo Miguel Trauco e o atacante Paolo Guerrero estão fora deste e dos próximos dois jogos do Flamengo, em virtude dos amistosos que ambos farão com a seleção peruana. Renê assume a lateral, e Leandro Damião será o comandante de ataque.

O Sport também terá baixas por conta da seleção. O meia Diego Souza está com Tite na Austrália, e o lateral Mena, com o técnico Juan Antonio Pizzi, na seleção chilena. O lateral-direito Samuel Xavier, recuperado de um estiramento muscular na coxa direita, reaparece na vaga de Fabrício.

 

Escalação

Os prováveis times titulares nesta noite na Ilha do Retiro são:

Sport – Magrão, Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Patrick; Anselmo, Rithely e Everton Felipe; Osvaldo, André e Rogério.

Flamengo – Alex Muralha, Pará, Réver, Juan e Renê; Márcio Araújo, Willian Arão, Gustavo Cuéllar e Ederson (Diego) e Everton; Leandro Damião.

 

Jogos desta quinta rodada do Brasileirão da Série A:

QUARTA-FEIRA, 7 DE JUNHO

  • 19h30 – Atlético-MG x Avaí
    Palpite: 4×1 Atlético
  • 19h30 – Coritiba x Palmeiras
    Palpite: 2×0 Palmeiras
  • 21h00 – Santos x Botafogo
    Palpite: 1×1
  • 21h45  – Vasco x Corinthians
    Palpite: 2×1 Corinthians
  • 21h45 – Sport x Flamengo
    Palpite: 2×1 Flamengo

QUINTA-FEIRA, 8 DE JUNHO

  • 19h30 – São Paulo x Vitória
    Palpite: 3×1 São Paulo
  • 19h30 – Atlético-GO x Ponte Preta
    Palpite: 0x0
  • 20h00 – Chapecoense x Grêmio
    Palpite: 1×0 Chape
  • 21h00 – Bahia x Cruzeiro
    Palpite: 2×0 Cruzeiro

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. PEDRO

    7 de junho de 2017, às 15:25

    SPORT VAI GANHAR

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar