Ganhador.com

Brasileirão Série A

Flamengo goleia o campeão Corinthians e vê a Chapecoense rebaixar o Atlético-GO na 36ª rodada do Campeonato Brasileiro

Em uma rodada morna, o Flamengo venceu o desfalcado Corinthians por 3 a 0; o Santos derrotou os reservas do Grêmio por 1 a 0 e a Chapecoense rebaixou o Atlético-GO com um empate em 1 a 1.

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Com os nervos à flôr da pele, o Flamengo carimba a faixa corintiana na rodada que confirmou o Santos na Libertadores 2018 e o Atlético-GO na Série B.

Com o título de Campeão Brasileiro já “entregue” para o Corinthians, resta aos clubes definirem as vagas na Libertadores e os vistos de trabalho para a Série B do ano que vem. Além, é claro que uma boa quantia em dinheiro – de acordo com o Globoesporte.com, o segundo colocado do Brasileirão levará R$ 11.373.030,00 em premiação da CBF; o terceiro receberá R$ 7.759.170,00; e o quarto, R$ 5.633.370,00.

Na parte de baixo da tabela, o Vitória vacilou mais uma vez e pode perder a 16ª posição para a Ponte Preta que joga hoje contra o Fluminense no Maracanã e poderá fazer companhia ao Atlético-GO, primeiro time matematicamente rebaixado no Campeonado Brasileiro de 2017.

 

Pela Libertadores

Santos 1 x 0 Grêmio

Depois de 3 derrotas seguidas no Brasileirão, o Santos voltou a vencer e com o 1 a 0 diante dos reservas do desinteressado Grêmio – que, neste momento, só tem olhos para o Lanús e o primeiro jogo das finais da Libertadores – somou mais 3 pontos com o gol de Copete e precisa de apenas mais 1 ponto nas próximas duas rodadas para se garantir no G-4 e na fase de grupos da competição.

Mas que o placar não crie ilusões: mesmo com o  time reserva, o Grêmio era mais perigoso até que Vecchio – que substituiu Lucas Lima, suspenso, em má-fase e apalavrado com o Palmeiras para 2018 – fez o passe para Copete abrir o placar. O Santos então, melhorou, mas não o suficiente para impedir que o Grêmio ameaçasse o gol de Vanderlei.

O resultado mantém o Grêmio na segunda colocação com 61 pontos, podendo ser ultrapassado pelo Palmeiras, 3º colocado com 60 pontos que joga hoje contra o Avaí no encerramento da rodada.

 

Flamengo 3 x 0 Corinthians

No jogo que carimbou a faixa de campeão do Corinthians, mais do que a incontestável vitória do Flamengo por 3 a 0, o assunto foi a briga entre o zagueiro Rodolpho e o atacante Felipe Vizeu, companheiros no rubro-negro, que se desentenderam no posicionamento defensivo durante uma cobrança de escanteio à favor do Timão. O goleiro Diego Alves chegou a agarrar o zagueiro para tentar acalmá-lo. Instantes depois, Vizeu fez o terceiro do Flamengo e, na comemoração, mostrou o dedo médio para Rodolpho que, irritadíssimo, gritava: “Eu vou pegar ele”.

Tivesse o árbitro Wagner Reway um mínimo de pulso, os dois teriam levado o amarelo – no mínimo. Como não teve, a turma do “deixa disso” resolveu tudo e os brigões de acalmaram no vestiário após o jogo que não foi lá essas coisas.

Enfrentando um Corinthians desinteressado, desfigurado e Campeão Brasileiro com 3 rodadas de antecedência, o Flamengo não encontrou grandes problemas para construir o placar ainda no primeiro tempo com gols de Mancuello, Diego e Felipe Vizeu. O resultado, além de aplacar a fúria da torcida rubro-negra, que recebeu o time na Ilha do Urubu aos gritos de “vergonha”, torna o Flamengo o único time que o Corinthians não venceu ao menos uma vez no Brasileirão deste ano (foi um empate no primeiro turno e a derrota de ontem). Os 3 pontos colocam o Flamengo na 6ª posição, com 53 pontos, à frente do Botrafogo, o 7º com 52 e de Atlético-MG e Vasco, respectivamente 8º e 9º colocados.

 

Atlético-PR 3 x 1 Vasco

O Vasco que, aliás, perdeu sua invencibilidade de 11 jogos ontem, na Arena da Baixada, diante do Atlético-PR que fez valer o fator casa e atropelou os cariocas – resultado que recoloca o Furacão na briga por uma vaga na Libertadores. O cruzmaltino, por sua vez, perdeu mais uma chance de entrar no G-7 (se tivesse vencido, chegaria aos 53 pontos).

O Atlético-PR contou com a raça de Thiago Heleno que marcou o primeiro gol na etapa inicial para conquistar a vitória. No segundo tempo, após um choque com Paulão, o zagueiro ficou desacordado mas, recuperado, seguiu no jogo até o final e seu comprometimento serviu como inspiração para os companheiros em campo.

O placar foi construído por Thiago Heleno, Wanderson (contra), Douglas Coutinho e Fabrício.

 

São Paulo 0 x 0 Botafogo

Sem a menor inspiração, São Paulo e Botafogo confirmaram a má-fase com um sonolento empate em 0 a 0 no Pacaembu. Um resultado ruim para os dois times que, a duas rodadas do final do Campeonato Brasileiro, ganharam mais concorrentes na luta por uma vaga na Libertadores do ano que vem.

Com 46 pontos, o São Paulo precisa de um milagre para chegar ao G-7 e à fase inicial do torneio continental. O alvinegro – se mantiver o fraco desempenho das últimas rodadas –, ainda pode perder a 7ª colocação para Atlético-MG (50 pontos), Vasco (50 pontos), Bahia (49 pontos), Atlético-PR (48 pontos) ou Chapecoense (48 pontos)

 

Atlético-MG 3 x 0 Coritiba

Contando com um show de Otero, o Galo conseguiu uma apresentação digna de seu elenco e levou à nocaute o Coritiba ainda no primeiro tempo, no Horto. Com dois gols, o meia foi o nome do jogo e abriu o placar logo aos 4 minutos em um chute rasteiro na entrada da área. Mandando e desmandando no jogo, o Atlético-MG ampliou com Leonardo Silva e ainda viu Otero marcar o segundo num chute do meio campo que encobriu o goleiro Wilson.

O Coxa bem que tentou alguma reação no segundo tempo, mas com a larga vantagem no placar, o Galo gastou o tempo e esperou pelo apito final.

O resultado recoloca o Atlético-MG na briga por uma vaga na LIbertadores e mantém o Coritiba perigosamente próximo do Z-4, com 43 pontos.

 

Para fugir do Z-4

Sport 1 x 0 Bahia

Depois de 4 meses, o Sport voltou a vencer uma partida e pôs fim à boa sequência do Bahia no Campeonato Brasileiro e que o afastou da possibilidade de entrar no G-7.

Desorganizado e nervoso, o Sport demorou a entrar no jogo e contou com as falhas do Bahia para abrir o placar em jogada de Marquinhos ainda no primeiro tempo. Na etapa final, o tricolor voltou ainda mais ofesivo, mas diante de um Sport preocupado em defender com  a vida os 3 pontos e armado para o contra-ataque, pouco pôde fazer.

Para o Bahia, a derrota veio num momento ruim e atrapalha o sonho da equipe de conquistar uma vaga para a Libertadores. Para o Sport, o resultado não é o bastante para tirá-lo do Z-4 – continua na 18ª posição – mas, graças ao empate entre Vitória (16º) e Cruzeiro (4º) está a apenas 1 ponto de distância da saída da zona da degola.

 

Vitória 1 x 1 Cruzeiro

O Vitória continua sendo um time que não se dá bem jogando no Barradão. Em um jogo equilibrado e cheio de alternativas contra o Cruzeiro, o time de Vagner Mancini saiu na frente com o gol de David (pênalti) ainda no primeiro tempo. Com a estratégia de segurar-se na defesa e tentar definir em um contra-golpe, os donos da casa se seguraram como puderam até que Alisson empatou para a Raposa.

O gol “acordou” o Vitória que fez de tudo para voltar à frente no placar; mas não teve forças para furar a defesa mineira.

O resultado pode colocar o Vitória de novo no Z-4 – basta a Ponte Preta vencer o jogo de hoje contra o Fluminense no Maracanã. Para deixar tudo mais emocionante, Ponte Preta e Vitória têm o confronto direto na próxima rodada.

 

Atlético-GO 1 x 1 Chapecoense

Há 8 rodadas sem perder, a Chapecoense bateu o último prego no caixão do Atlético-GO que com apenas 34 pontos conquistados até aqui não tem mais condições de escapar da Série B do ano que vem.

O Dragão bem que tentou e correu atrás do empate com muita valentia – a Chape saiu na frente com gol de Túlio de Melo – mas faltou (muita) qualidade. O empate, no final também não foi bom para o alviverde que se distanciou mais do G-7 e do sonho da Libertadores 2018.

 

Fechando a rodada

A 36ª rodada do Campeonato Brasileiro se encerra hoje com os seguintes jogos:

  • 17:00 – Fluminense x Ponte Preta – Palpite: Fluminense
  • 20:00 – Avaí x Palmeiras – Palpite: Palmeiras

 

JOGOS, RESULTADOS E PALPITES DA 36ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO 2017

Domingo, 19 de novembro

  • 17:00 – Flamengo 3 x 0 Corinthians – meu palpite: empate
  • 17:00 – São Paulo 0 x 0 Botafogo – meu palpite: Botafogo
  • 17:00 – Sport 1 x 0 Bahia – meu palpite: Bahia
  • 17:00 – Vitória 1 x 1 Cruzeiro – meu palpite: Cruzeiro
  • 19:00 – Atlético-GO 1 x 1 Chapecoense – meu palpite: Chapecoense
  • 19:00 – Santos 1 x 0 Grêmio – meu palpite: Santos
  • 19:00 – Atlético-MG 3 x 0 Coritiba – meu palpite: Coritiba
  • 19:00 – Atlético-PR 3 x 1 Vasco – meu palpite: Empate

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Flamengo x Corinthians segundo a série Paixão Nacional | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar