Ganhador.com

Liga Sul-Americana de Basquete

Flamengo é o maior nome da Liga Sul-Americana masculina de clubes da bola laranja

Foto: Staff Images / Flamengo

Dezesseis equipes da América do Sul duelam em busca do título do certame e de uma vaga na Liga das Américas.

Flamengo, Pinheiros e Vitória são os representantes tupiniquins na Liga Sul-Americana de clubes masculina de basquetebol de 2017. Os cariocas já estão na Colômbia para decidir esta semana sua sorte na competição. Os paulistas jogam semana que vem, em Montevidéu. O Vitória tem investido muito na modalidade e decidiu ser o anfitrião de seu grupo, em Salvador.

 

Flamengo é a maior esperança brasileira

O Flamengo abriu o cofre para conquistar os títulos que escaparam em 2016/17. Apenas Humberto, JP Baptista, Marcelinho, Marquinhos, Olivinha, Ronald Ramón e a comissão técnica renovaram seus vínculos com o Urubu. Lelê, Rafael Mineiro e Hakeem Rollins foram dispensados e Ricardo Fischer optou por assinar com o Bilbao (da Espanha).

As novas peças são Arthur Pecos (ex-Paulistano), David Cubillán (ex-Trotamundos, da Venezuela), Henrique Pilar (ex-UNICEUB) e Malcolm Jaleel Rhett (que estava no Leones de Santo Domingo, da República Dominicana).

Sem Campeonato Estadual, o novo Flamengo fez alguns amistosos e jogos treinos onde ganhou do Regatas Lima, do Vitória (duas vezes), do Bahía Blanca (da Argentina), do UNIFACISA (de Campina Grande) e da seleção de Camarões, além de sofrer um revés para o Bahía Blanca.

 

Vitória banca competição

Prova que o Vitória está apostando alto no basquete é o investimento para receber o quadrangular. Deixando de fora o futebol, a modalidade tem a maior folha salarial considerando os outros dez esportes da instituição. Para sediar o quadrangular, o rubro-negro tem que bancar tudo, como hospedagem, refeições e traslados.

Em relação ao último ano, ficaram Kurtz, Mariano, Kenny Dawkins, Arthur, André, Renato e Vitinho. Eles serão comandados novamente por Régis Marrelli, que tenta ser ainda melhor que o terceiro lugar obtido em 2016/17 no Brasileirão. Coimbra, Christopher Hayes e Keyron deixaram a capital baiana. Em compensação, chegaram João, Maique, Matt Shaw, Murilo e Nick Okorie.

 

Dupla de norte-americanos continua

Quarto colocado do NBB, o Pinheiros tem uma boa e uma má notícia. A má é a saída de vários atletas, como Mathias, Gustavo, Teichmann, Renan e Neto. Os paulistanos contrataram apenas Toledo e Arthur, além de renovar com Ansaloni, Gemerson, Mathias e os “made in USA” Desmond Holloway e Corderro Bennett. O restante do plantel deve ser completado com as categorias de base. A boa nova é que o quadro tem a melhor pré-temporada entre os três brazucas, pois disputa o acirrado Paulistão, que é onde competem Franca, Mogi das Cruzes, Paulistano, Bauru e Liga Sorocabana, entre outros.

 

Os estrangeiros

É preciso abrir o olho com o Hebraica, campeão uruguaio, que derrotou os tradicionais Trouville, Malvin e Aguada no mata-mata de sua liga nacional.

Quilmes e San Martín Corrientes, semifinalistas do último “Argentinão” tampouco devem dar vida mansa aos brasileiros. É sempre complicadíssimo ganhar em terras de nossos Hermanos, que costumam ter muito apoio vindo das arquibancadas.

O último que chama bastante atenção é o Guaros de Lara, atual bicampeão da Liga das Américas e que parte em busca do inédito título da Liga Sul-Americana.

 

Novidades no regulamento

Para que todos os países pudessem enviar ao menos um participante, o comitê organizador decidiu que os representantes dos seis países mais desenvolvidos ficariam nas chaves A, B e C, deixando a D, exclusivamente para as associações mais fracas. Assim, argentinos, brasileiros, chilenos, colombianos e uruguaios ficaram nos três primeiros grupos, deixando o último para os campeões boliviano, equatoriano, paraguaio e peruano.

Após turno único em quadra neutra dentro dos quadrangulares, os dois primeiros de A, B e C, além do melhor terceiro colocado entre estas três chaves, e o vencedor do grupo D avançam à segunda etapa.

Teremos dois grupos de quatro na semifinal. Após jogarem entre si dentro dos quadrangulares em uma sede única, o vencedor de cada disputa a grande final numa melhor de cinco pelejas. O campeão garante presença na Liga das Américas.

 

A Liga das Américas

A Liga das Américas está prevista para começar em janeiro e também deve contar com 16 agremiações. Além do campeão sul-americano e do campeão da Liga Centro-Americana (para os campeões de Belize, Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua e Panamá), alguns dos outros 14 times já são conhecidos. São os casos do Guaros de Lara, atual campeão continental, dos dois melhores do último Campeonato Argentino (San Lorenzo e Regatas Corrientes), do campeão chileno (Deportes Español de Talca), do campeão e vice do México (Fuerza Regia e Soles de Mexicali) e do campeão e vice do Novo Basquete Brasil (Bauru e Paulistano). Restam então seis vagas às demais federações nacionais.

 

Copa Intercontinental

A Copa Intercontinental (o Mundial Interclubes da FIBA) é disputada pelo campeão da Liga das Américas e pelo vencedor da Liga dos Campeões europeia. Este ano, o Canárias (da Espanha) derrotou o Guaros de Lara na grande decisão.

Este torneio europeu não é o mais importante do Velho Continente, mas não houve acordo entre a Euroliga e a Federação Internacional de Basquete.

 

Chaves da 1ª fase

  • Grupo A (Quibdó, Colômbia): Cimarrones del Chocó, Flamengo, Hebraica e San Martín.
  • Grupo B (Montevidéu, Uruguai): Aguada, Osorno, Pinheiros e Quilmes.
  • Grupo C (Salvador, Brasil): Estudiantes Concordia, Guaros de Lara, Malvin e Vitória.
  • Grupo D (Potosí, Bolívia): Calero Potosí, Olimpia, Portoviejo e Regatas Lima.

 

Tabela do grupo A

Terça-feira, 03 de outubro:

  • 19h45: Flamengo x San Martín Corrientes – palpite: Flamengo.
  • 22h00: Cimarrones del Chocó x Hebraica – palpite: Hebraica.

Quarta-feira, 04 de outubro:

  • 19h45: Hebraica x Flamengo – palpite: Flamengo.
  • 22h00: San Martín Corrientes x Cimarrones del Chocó – palpite: San Martín Corrientes.

Quinta-feira, 05 de outubro:

  • 19h45: Hebraica x San Martín Corrientes – palpite: San Martín Corrientes.
  • 22h00: Cimarrones del Chocó x Flamengo – palpite: Flamengo.

 

Os campeões

  • 1996 – Olimpia
  • 1997 – Atenas (Argentina)
  • 1998 – Atenas (Argentina)
  • 1999 – Vasco da Gama (Brasil)
  • 2000 – Vasco da Gama (Brasil)
  • 2001 – Estudiantes de Olavarría (Argentina)
  • 2002 – Libertad Sunchales (Argentina)
  • 2003 – —-
  • 2004 – Atenas (Argentina)
  • 2005 – Uberlândia TC (Brasil)
  • 2006 – Ben Hur (Argentina)
  • 2007 – Libertad Sunchales (Argentina)
  • 2008 – Regatas Corrientes (Argentina)
  • 2009 – Flamengo (Brasil)
  • 2009/10 – Quimsa (Argentina)
  • 2010/11 – Universo (Brasil)
  • 2011/12 – Obras Sanitárias (Argentina)
  • 2012/13 – Regatas Corrientes (Argentina)
  • 2013/14 – UNICEUB (Brasil)
  • 2014/15 – Bauru (Brasil)
  • 2015/16 – UNICEUB (Brasil)
  • 2016/17 – Mogi das Cruzes (Brasil)

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Flamengo é o maior nome da Liga Sul-Americana masculina de clubes da bola laranja |

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar