Vôlei

Final da Liga Mundial de Vôlei: Brasil vence o Canadá na 1ª rodada!

Foto: Antônio More/MPIX/CBV

Outro jogo desta terça que teve brilho foi o da França, forte favorita ao título de 2017

A Liga Mundial de Vôlei começou a mostrar a cara da sua grande final de 2017 em Curitiba. Contando um público de cerca de 10.000 pessoas, volume positivo em se tratando de um dia de semana e em horário comercial, o Brasil confirmou o favoritismo e estreou com vitória diante do Canadá por 3 sets a 1 (25/21, 17/25, 25/19 e 25/19), em 1h54 de um jogo que contou com todos os elementos que o técnico Renan Dal Zotto já havia antecipado: equilíbrio e bastante pressão canadense nos contra-ataques.

O Brasil volta à quadra agora somente nesta quinta (6), de novo às 15h05, contra a Rússia, que fará sua estreia nesta quarta (5) justamente diante do Canadá.

   

O JOGO

O Canadá começou a partida desta terça na frente, abrindo 6/2 no primeiro set. A superioridade da equipe adversária foi mantida até o emocionante 20/19 obtido pelo Brasil com um poderoso ataque de Lucão. Ele e Lucarelli, de eficiente bloqueio, foram os grandes destaques da primeira parcial fechada somente em 25/21 – placar um pouco enganoso, pois a partida estava bastante parelha até o 22/20 ao Brasil.

A segunda parcial foi diferente. O Brasil desta vez comandou as ações e fez aquilo que a torcida pedia, que era atuar com raça e atenção especialmente na defesa. O Canadá voltou a tomar a ponta e chegou a 18/13, e o Brasil não mudou nem com os sucessivos chamados de tempo de Renan. Os visitantes seguiram bem, controlaram a diferença e colocaram a dúvida no placar com uma vitória por 25/17.

O terceiro set, que marcaria o desempate na partida, foi de novo equilibrado e com o Brasil na frente até o 8/7. O Canadá tomou a liderança em 12/10, mas o Brasil empatou – 12/12 – e liderou logo a seguir, chegando a 21/17. No fim, o placar de 25/19 foi mesmo o mais justo pelos arrasadores ataques de Wallace.

A quarta parcial foi uma continuação da terceira. Lucão e Maurício Souza foram eficientes no bloqueio, Wallace seguiu uma máquina de derrubar bolas e Lucarelli acompanhou o ritmo dos colegas. O Brasil logo marcou 15/10 e manteve a frente até fechar a partida em 25/19.

   

UM BRASIL FORTE EM TUDO

O maior pontuador em quadra foi Wallace, com 18 acertos (15 de ataque, dois de bloqueio e um de saque). O jogador foi humilde como sempre: “Ser o maior pontuador só vale se eu tiver uma boa eficiência e conseguir ajudar a equipe com isso”, cravou.

Jogar em um estádio de futebol não foi um problema – já o frio de Curitiba sim. “Na verdade, senti mais o frio do que as dimensões do estádio. A questão do saque é um pouco mais difícil, mas é uma questão de ambientação e nós conseguimos nos adaptar com os treinamentos e hoje vimos uma festa linda por aqui”, concluiu.

O técnico Renan ressaltou a qualidade do adversário: “O Canadá faz um jogo de volume, de passe e defesa. É um time que erra pouco. O nosso bloqueio demorou um pouco para funcionar. Eles têm um levantador que dificulta a nossa leitura de bloqueio e a distribuição dele é muito equilibrada. É realmente bastante difícil de marcar. Hoje, graças à boa postura da metade do jogo em diante, nós forçamos o erro deles e isso foi importante para a nossa vitória”, avaliou.

   

VITÓRIA FRANCESA

Grande força do vôlei europeu na atualidade, a França também fechou a terça-feira com vitória. E sobre uma grande adversária: o 3 a 2 sobre os Estados Unidos retratou bem a dificuldade e o cansaço enfrentado por ambos. Dois dos cinco sets tiveram diferença mínima. Foi mesmo um jogaço para quem enfrentou o frio e pôde acompanhar as parciais de 27/25, 20/25, 26/24, 17/25 e 15/12.

   

ESCALAÇÕES

O Brasil atuou nesta terça com os seguintes titulares: Bruno, Wallace, Lucão, Éder, Maurício Borges e Lucarelli, com Thales de líbero. Os reservas que entraram foram Renan e Lucas Lóh.

O Canadá contou com Sanders, Perrin, Maar, Vernon-Evans e Vigrass, com Bann como líbero. Os reservas do técnico Stéphane Antiga que participaram foram Hoag, Derocco e Barnes.

   

CONFIRA A FASE FINAL DA LIGA MUNDIAL:

GRUPOS:

  • Grupo J – Brasil, Canadá e Rússia
  • Grupo K – Sérvia, França e Estados Unidos

4 DE JULHO (TERÇA-FEIRA) – RESULTADOS

  • Brasil 3×1 Canadá (25/21, 17/25, 25/19 e 25/19)
  • França 3×2 Estados Unidos (27/25, 20/25, 26/24, 17/25 e 15/12)

5 DE JULHO (QUARTA-FEIRA)

  • 15h05 – Rússia x Canadá
  • 17h40 – Sérvia x Estados Unidos

6 DE JULHO (QUINTA-FEIRA)

  • 15h05 – Brasil x Rússia
  • 17h40 – França x Sérvia

7 DE JULHO (SEXTA-FEIRA)

  • 15h05 – 1º J x 2º K (semifinal 1)
  • 17h40 – 1º K x 2º J (semifinal 2)

8 DE JULHO (SÁBADO)

  • 20h – Disputa do 3º lugar
  • 23h05 – Final

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.