UFC

Edgar se lesiona, José Aldo pede, UFC atende, e revanche com Max Holloway é confirmada

Foto: Divulgação/UFC

Depois que perdeu o cinturão dos penas para Max Holloway, em junho, no UFC Rio, José Aldo declarou que gostaria de enfrentar um nome como Cub Swanson, e que o cinturão seria fruto do novo caminho a ser trilhado. Mas a chance de recuperar o título dos penas veio antes do esperado. O brasileiro fará a revanche contra o havaiano no dia 2 de dezembro, em Detroit (EUA), pelo UFC 218. O manauara foi confirmado pela organização americana na disputa de título neste sábado.

A oportunidade de reencontrar seu carrasco caiu no colo de José Aldo após Frankie Edgar se lesionar. O americano, ex-campeão dos leves, estava escalado para enfrentar Holloway no UFC 218, mas uma lesão no rosto sofrida durante seus treinos acabou tirando Frankie do evento. Aldo se ofereceu, pediu ao UFC para substituir o americano e Holloway aceitou a revanche para não ter de sair do evento.

É bom ver um brasileiro “salvando” um evento do UFC. Isso nos faz lembrar anos atrás, quando o país ainda estava forte no evento e colecionava nomes dispostos a aceitar uma luta de última hora. É bonito de ver atletas corajosos o suficiente para encararem desafios no octógono. Isso gera confiança, credibilidade e respeito. Aldo é, sem dúvida, um dos lutadores mais respeitados do mundo das lutas. “Mudar o tom” em relação ao futuro pode dar certo.

Vale lembrar que o brasileiro já estava treinando. Ele estava agendado para enfrentar Ricardo Lamas no UFC Canadá, dia 16 de dezembro, em Winnipeg. Então por mais que o desafio ainda seja grande, pois decifrar o jogo do havaiano é um trabalho que requer tempo, ao menos o ritmo de luta não será prejudicado. Ele já estava treinando e o preparo físico não deve ser um problema para o brasileiro.

Apesar da derrota, José Aldo fez uma grande luta contra Max Holloway no UFC Rio. O duelo estava parelho até o havaiano acertar o direto que o derrubou e abriu o caminho para sua vitória. O brasileiro tem totais condições de dar o troco e recuperar o cinturão dos penas. O que se espera é que sua cabeça esteja no lugar certo, pois além de ter mudado o tom a respeito de refazer o caminho rumo a chance pelo título, Aldo tem falado muito sobre o sonho de lutar boxe, e que isso irá acontecer assim que seu contrato com o UFC acabar. Se ele ainda estiver focado em sua carreira no MMA, sem dúvidas temos grandes chances de recuperar o título dos penas do UFC.

Ah, vale ressaltar também a bravura de Max Holloway. Diversos campeões recusariam um desafio contra sua última vítima. Especialmente se tratando de um cara como José Aldo.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar