Ganhador.com

Brasileirão Série A

Duelo de Atléticos em crise

Foto: Bruno Cantini / Atlético

Bola rola no Estádio Olímpico de Goiânia no domingo, às 16h00.

O Atlético-MG sonhava com o títulos de expressão este ano. Muito mal no Brasileirão, em desvantagem na Libertadores e com a vantagem mínima na Copa do Brasil, o Galo precisa de vitórias para justificar o alto investimento da diretoria neste grupo. Enquanto isso, o modesto Atlético-GO não disse ainda por que fez tanta questão de conquistar a Série B de 2016 e chegar à elite. Neste fim de semana, um dos dois tem a possibilidade de aliviar seu momento difícil.

    

Palpite

No sempre curioso encontro entre Atléticos, o mineiro tende a prevalecer mesmo atuando nos domínios do adversário. Acredito num escore final de 2 a 0 para os visitantes.

Por que eu acredito nos alvinegros? Os mineiros têm muito mais recursos que os goianos. Refiro-me não a apenas estrelas consagradas, como Fred e Robinho, mas também a revelações como Bremer. São mais habilidosos, cheios de talentos técnicos e por isso têm passes mais caros que os dos rivais.

Enquanto isso, a maior estrela rubro-negra é Walter, que anda sempre às turras contra a balança.

Dizem que em futebol existe hierarquia e a do Atlético-MG é preciso ser respeitada.

 

Dragão empatou ontem

O Atlético-GO esteve no Morumbi ontem à noite para encarar o São Paulo e conseguiu seu objetivo de trazer um ponto na bagagem.

No primeiro tempo, os rubro-negros nem saíram de seu campo de defesa. Foram amplamente dominados e, mesmo com apenas 22% de posse de bola, conseguiram segurar as amarras dos paulistas.

Na segunda metade, os locais partiram para o tudo ou nada e tiveram êxito em marcar com Pratto, aos 12′. Os goianos saíram para o jogo e igualaram o placar aos 20′, com Niltinho.

Quando a peleja se arrastava para o apito final, o torcedor ganhou direto a mais emoção. Marcinho aos 38′ voltou a colocar os são-paulinos na frente. Everaldo, num bonito toque de calcanhar, fechou a contagem dois minutos depois.

    

Como chega o Galo para este confronto?

O Atlético-GO nem pensou no Atlético-MG até o momento. Estava preocupado em obter um ponto lá no Morumbi. Apesar da delegação ter que se deslocar de Belo Horizonte a Goiânia, o Galo chegará mais descansado, pois jogou 24 horas antes de seu oponente.

Atendendo a pedidos da torcida, Robinho ficará no banco de reservas. Marlone foi efetivado como titular. Esta decisão foi tomada sob os olhares do presidente Daniel Nepomuceno, que acompanhou o treino de ontem e implorou por resultados positivos.

O que ninguém entende é porque o aproveitamento dentro de seu galinheiro, o Horto, é tão ruim este ano. Os mineiros têm mostrado mais força longe de casa. Na quarta-feira, contra o Santos, os erros de finalizações foram inúmeros.

Um profissional que tem recebido constantes elogios é o goleiro Victor, que pegou mais uma penalidade máxima diante dos santistas.

A novela que ronda o futuro estádio do Atlético-MG ganhou mais um capítulo. O América, que arrenda o Independência para seu eterno rival alvinegro, deseja ampliar o espaço para o público mas rejeitou a proposta de arquibancadas improvisadas e desmontáveis sobre seu estacionamento. O Coelho apresentou um projeto de estruturas de concreto, fixas. Até este estudo sair do papel porém, o Galo terá deixado de arrecadar muito dinheiro com a venda de assentos neste espaço. Que o clube construa sua própria e merecida arena!

 

Possíveis escalações

Confira as possíveis formações para esta jornada:

Atlético-GO: Felipe Garcia; André Castro, Roger Carvalho, Gilvan e Bruno Pacheco; Marcão Silva, Igor, Jorginho e Andrigo; Niltinho e Walter. Técnico: Doriva.

Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Bremer, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Elias, Yago e Marlone; Cazares e Fred. Técnico: Roger Machado.

    

Anote na agenda

A 14ª rodada do Campeonato Brasileiro começará no sábado, às 19h00. O Corinthians deve pelo menos manter sua vantagem na liderança recebendo um Atlético-PR que titubeia. O rubro-negro balança na Libertadores e na Copa do Brasil e pode ser deixado bem perto do Z-4 neste fim de semana.

O embate matutino de domingo será o entre de Palmeiras e Vitória, que vêm de derrotas.

Depois dos incidentes do último domingo, Vasco da Gama x Santos não terá torcedor nas arquibancadas.

Cruzeiro e Flamengo farão uma partida equilibrada no Mineirão.

O Grêmio deve bater a Ponte Preta para se consolidar no segundo lugar.

Chapecoense e São Paulo, encrencados com a possibilidade de descenso, trocarão figurinhas tentando sair da incômoda situação.

Às 19h00, o Coritiba deverá ganhar do Fluminense, enquanto que Avaí e Bahia tentarão acordar segunda-feira fora do Z-4.

Finalmente, às 20h00 de segunda-feira, Botafogo e Sport deverão fazer um belo enfrentamento. Quem vencer se consolidará lá em cima na classificação.

    

Jogos da 14ª Rodada do Brasileirão 2017:

Sábado, 15 de julho:

  • 19h00: Corinthians x Atlético-PR

Domingo, 16 de julho:

  • 11h00: Palmeiras x Vitória
  • 16h00: Vasco da Gama x Santos
  • 16h00: Cruzeiro x Flamengo
  • 16h00: Grêmio x Ponte Preta
  • 16h00: Atlético-GO x Atlético-MG
  • 16h00: Chapecoense x São Paulo
  • 19h00: Coritiba x Fluminense
  • 19h00: Bahia x Avaí

Segunda-feira, 17 de julho:

  • 20h00: Botafogo x Sport

 

Classificação:

  1. Corinthians – 35 – Taça Libertadores da América (fase de grupos).
  2. Grêmio – 25 – Taça Libertadores da América (fase de grupos).
  3. Santos – 23 – Taça Libertadores da América (fase de grupos).
  4. Flamengo – 23 – Taça Libertadores da América (fase de grupos).
  5. Sport – 21 – Taça Libertadores da América (fase preliminar).
  6. Cruzeiro – 20 – Taça Libertadores da América (fase preliminar).
  7. Palmeiras – 19 – Copa Sul-Americana.
  8. Vasco da Gama – 19 – Copa Sul-Americana.
  9. Botafogo – 19 – Copa Sul-Americana.
  10. Coritiba – 19 – Copa Sul-Americana.
  11. Fluminense – 17 – Copa Sul-Americana.
  12. Atlético-MG – 17 – Copa Sul-Americana.
  13. Bahia – 15
  14. Atlético-PR – 15
  15. Ponte Preta – 15
  16. Chapecoense – 15
  17. São Paulo – 12 – Série B.
  18. Avaí – 12 – Série B.
  19. Vitória – 12 – Série B.
  20. Atlético-GO – 8 – Série B.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar