Copa do Mundo Rússia 2018

Drama dos Estados Unidos coloca em segundo plano provável classificação de Costa Rica

Foto: Sean M. Haffey/Getty Images

Penúltima rodada do hexagonal final acontece esta noite

México e Trinidad & Tobago estão de folga. O primeiro está classificado e os caribenhos estão eliminados. Restam duas vagas automáticas para Costa Rica, Estados Unidos, Honduras e Panamá disputarem. O “melhor perdedor” segue para a Repescagem. Uma destas vagas deve sair hoje para os costarriquenhos. Confira abaixo os prognósticos da penúltima rodada.

 

Costa Rica perto de sua quinta Copa do Mundo

Costa Rica e Honduras já se cruzaram em 64 oportunidades desde 1930. O chamado “Clásico Centro-americano” tem domínio dos Ticos, que venceram 24 vezes, contra 21 dos Catrachas. Nos outros 19 encontros, tivemos empate. Somente este ano aconteceram três enfrentamentos. Os costarriquenhos ganharam uma e tivemos duas igualdades.

Os anfitriões só precisam de um mísero ponto para confirmarem seu nome no sorteio de São Petersburgo. Enquanto isso, os hondurenhos tiveram azar na elaboração da tabela. Na última data FIFA, além de pegarem Costa Rica na estrada, encaram o México na última rodada, em San Pedro Sula.

Acredito fielmente que Costa Rica carimba seu passaporte logo mais.

 

Estados Unidos ficam de fora?

Os Estados Unidos têm investido pesado no futebol há pelo menos 25 anos. O primeiro passo para tornar o soccer uma realidade foi a organização da Copa do Mundo de 1994. A partir de então foi criada a Major League Soccer, o certame de clubes (ou de franquias) da primeira divisão, que por causa do volume financeiro, ultrapassou em importância as demais ligas existentes na terra de Tio Sam.

Hoje, os clubes constroem novos estádios, mais centros urbanos ganhem representantes no campeonato doméstico, como Atlanta, Orlando, Los Angeles, Minnesota e Nova York e craques de todo o planeta, como Beckham, Henry, Kaká, Pirlo, Gerrard e Villa, desembarcam no país. A nação já vislumbra receber o Mundial de 2026.

Apesar disso, esta geração atual tem decepcionado seus torcedores, que cada vez mais lotam as arquibancadas. Os altos e baixos das Eliminatórias acabaram custando o emprego de Jurgen Klinsmann. Bruce Arena não tem tido melhor sorte!

O embate contra o Panamá acontece em Orlando e os donos da casa precisam dos três pontos para diminuírem a aflição no último compromisso, marcado para terça-feira.

Panamá não tem nada que ver com os problemas do USA. Se os da Estátua da Liberdade foram presença certa no álbum de figurinhas da FIFA desde 1990 para cá, os panamenhos ainda sonham com sua primeira participação na grande festa do velho esporte bretão. Além dele, apenas Belize e Nicarágua, na América Central, nunca foram a uma Copa do Mundo. Como estão à frente dos norte-americanos, trazer um ponto na bagagem seria muito bem-vindo.

 

Amistoso de luxo

Desde que a CONCACAF adotou em 1997 uma fórmula de Eliminatória que termina em um hexagonal, o recorde de pontos pertence à Costa Rica. Foram 23, em 2001. O México nunca passou dos 22, feito que conseguiu em 2005. A Tri tem a oportunidade de quebrar a marca história e alcançar os 24. Para isso acontecer, basta se impor sobre Trinidad & Tobago a domicílio e sobre Honduras, em San Pedro Sula. A delegação fechou um pacto para conquistar este objetivo.

Outro fator motivacional para os atletas mexicanos é mostrar serviço a Juan Carlos Osorio. Afinal, apesar de já classificado, a lista nominal oficial para conhecer a Praça Vermelha no ano que vem ainda não foi definida.

O craque Javier “Chicharito” Hernández gostaria de quebrar seu tabu pessoal de nunca haver balançado as redes dos trinitenses. É bom lembrar que Trinidad & Tobago é um dos melhores selecionados do Caribe e se faz representar constantemente nas contendas da CONCACAF.

Cinco pessoas são muito famosas no arquipélago de Trinidad e de Tobago (duas ilhas distintas que formam um Estado). Vidiadhar Surajprasad Naipaul, ganhador do prêmio Nobel de literatura; a cantora e modelo Nicki Minaj, o cantor Billy Ocean; o ator e coreógrafo Geoffrey Holder; e … Dwight Yorke, craque aposentado que atuou por Aston Villa e Manchester United na Premier League e que conduziu os insulares a seu único Mundial da história, em 2006.

Já deu para ver que Trinidad & Tobago não tem condições de segurar o México em San Luis Potosí, né? Prevejo 4 a 0.

 

A Repescagem

O quarto colocado da CONCACAF não fica sem chances de dar a volta olímpica em Moscou. Disputa contra o quinto colocado da Ásia uma vaga na festa da Rússia. Lá no outro lado do mundo, o duelo já começou. Síria e Austrália empataram a primeira peleja em um gol, na Malásia. Por causa da guerra civil, os sírios mandaram o jogo em Krubong. O segundo capítulo desta batalha está marcado para terça-feira, em Sydney.

 

9ª rodada do Hexagonal das Eliminatórias da CONCACAF da Copa do Mundo de 2018

Sexta-feira, 06 de outubro:

  • 20h35: Estados Unidos x Panamá – palpite: empate.
  • 22h30: México x Trinidad & Tobago – palpite: México.
  • 23h00: Costa Rica x Honduras – palpite: Costa Rica.

 

Classificação:

  • México, 18 – Fase Final 2018.
  • Costa Rica, 15 – Fase Final 2018.
  • Panamá, 10 – Fase Final 2018.
  • Estados Unidos, 9 – Repescagem.
  • Honduras, 9
  • Trinidad & Tobago, 3

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar