Ganhador.com

Copa Libertadores

Com uma vantagem de 3 gols, o Grêmio cumpre tabela contra o Barcelona-EQU esperando seu adversário na final da Libertadores

Com uma enorme vantagem de 3 gols, o Grêmio recebe o Barcelona de Guayaquil esperando o seu adversário na final da Copa Libertadores: Lanús ou River Plate

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Depois de golear o Barcelona genérico em Quito na última quarta-feira, o Grêmio cumpre tabela amanhã em Porto Alegre pelo jogo de volta das semifinais da Copa Libertadores de olho mesmo é no duelo entre Lanús e River Plate para saber quem será seu adversário na grande final. Mas, apesar dos 3 gols de vantagem tricolor sobre o cavalo equatoriano, meu parceiro de redação Miguel Gonzalez vai tentar te convencer que nada está perdido, que o Barcelona vai atropelar o Grêmio e que locro de papa é uma delícia (sobre esta última, ele até pode ter razão). Vamos, então, aos fatos sobre a partida que acontece amanhã, as 21:45 na Arena do Grêmio.

 

Time descansado

A decisão do técnico Renato Gaúcho de usar o time reserva em vários momentos durante o campeonato Brasileiro foi bastante criticada – e com razão. Apostando suas fichas nos mata-mata, o tricolor gaúcho viu o Corinthians disparar na liderança do torneio nacional, fracassou em sua defesa do título da Copa do Brasil e quando a profecia de Pai Renato finalmente se cumpriu e o alvinegro paulista despencou, o gigante de Porto Alegre precisava escolher entre o Brasileirão e a Libertadores. Assumindo o “risco Libertadores”, os reservas do Grêmio passaram por apuros no campeonato nacional – como a derrota por 3 a 1 para o Palmeiras na 30ª rodada que gerou vaias ao time e ao técnico em Porto Alegre.

Nesse mesmo dia, Renato e seu time titular embarcaram para o Equador onde, no dia 25, golearam o Barcelona “exterminador de brasileiros” por 3 a 0 numa apresentação sólida e sem riscos, igual as que fizeram dele o time com o “melhor futebol do Campeonato Brasileiro” no primeiro turno.

O Barcelona tentou não acusar o golpe mortal em suas pretensões continentais, vencendo a LDU na última rodada do Campeonato Equatoriano – após uma série de 6 jogos sem vitórias (2 derrotas e 4 empates); mas a verdade é que o time – esforçado – sabe que devolver os 3 a 0 que o Grêmio lhe aplicou em Quito é missão quase impossível (não é impossível, porque no futebol tudo pode acontecer, até mesmo o Corinthians perder o título Brasileiro deste ano).

Além do mais, diferente de seu rival, o Grêmio, que jogou com reservas contra o Avaí (empate em 2 a 2), teve uma semana para recuperar seus principais jogadores e vai para a partida decisiva com força e gás totais, o Barcelona não teve este luxo e precisou mesclar reservas e titulares para encarar – e derrubar – a LDU.

A grande verdade é que tudo conspira à favor do Grêmio amanhã, e o resultado vai doer lá em Quito…

 

Freguesia

Os números seguem não ajudando o Barcelona de Guayaquil. Entre amistosos e competições oficiais, foram 6 confrontos no total, todos à favor do Grêmio: três vitórias em amistosos (1954, 1977 e 1996), dois triunfos pela Copa Sul-Americana de 2012 por 1 a 0 e 2 a 1 e o 3 a 0 de semana passada pela semifinal da Libertadores.

 

As possíveis escalações

Grêmio: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Arthur, Ramiro, Luan e Fernandinho; Lucas Barrios. Técnico: Renato Gaúcho.

Barcelona: Banguera; Pedro Velasco, Luis Caicedo, Xavier Arreaga e Beder Caicedo; Oswaldo Minda, Matías Oyola, José Ayoví e Marcos Caicedo; Damián Díaz e Jonathan Álvez. Técnico: Guillermo Almada.

 

O que vai acontecer

Fãs do Barcelona (Miguel?) lhe dirão que o time venceu 4 de seus últimos 5 jogos na Libertadores como visitante; mas não lhe dirão que vencer não basta. Foram 3 a 0 sofridos como mandante. Se é pra vencer, tem que ser 3 a 0 ou mais e aí o bicho pega.

Dono de uma das melhores defesas do Campeonato Brasileiro, com 28 gols sofridos, o Grêmio não costuma levar uma sacolada de gols em seus jogos. Os 3 a 1 diante do Palmeiras foram um ponto fora da curva e, mesmo assim, um resultado positivo se acontecer amanhã (é um placar que classifica o tricolor). Jogando com o regulamento embaixo do braço e com a torcida à favor, o Grêmio sabe que qualquer empate o classifica e que um gol basta para fazer o Barcelona sem Messi derreter em Porto Alegre – e com Luan voando de novo, vai ser difícil não marcar um único gol.

E como se isto não fosse o suficiente, como mandante, o gigante de Porto Alegre venceu suas últimas 5 partidas pela Libertadores.

 

Nosso palpite

O Grêmio entra em campo amanhã para controlar o jogo, cumprir tabela e esperar o seu adversário na final da Libertadores. O Barcelona de Guayaquil cai de cabeça erguida – eliminou times muito mais fortes que ele durante a competição e ficar entre os 4 melhores do torneio deve ser considerado uma grande vitória. Sem se arriscar, o tricolor gaúcho vai “cozinhar” o adversário diante de sua torcida e manter o condicionamento para o jogo que importa: a grande final.

 

Jogos de volta das semifinais da Taça Libertadores da América de 2017

Terça-feira, 31 de outubro (atualizado)

  • 20h15: Lanús 4 x 2 River Plate – palpite: River.

Quarta-feira, 01 de novembro

  • 21h45: Grêmio x Barcelona – palpite: Grêmio.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar