Brasileirão Série A

Coritiba e Atlético-MG que abram o olho

Foto: Divulgação Coritiba Foot Ball Club

Se não tomarem cuidado, Coritiba e Atlético-MG poderão estar em breve no Z-4.

O melhor time da zona de rebaixamento é o Avaí, que soma 17 pontos. O Coritiba tem apenas dois a mais que os catarinenses e o Galo, três. Com campanhas pífias, os dois adversários deste domingo precisam abrir o olho para não adentrar na zona maldita. Confira abaixo palpite, estatísticas e prognóstico.

 

Histórico

Desde 1971, pela primeira divisão do certame nacional, Coritiba e Atlético-MG já se enfrentaram em 37 oportunidades. Os atleticanos ganharam 20 delas, contra 12 dos paranaenses e cinco empates.

 

Coritiba estreia novo técnico

O Coritiba estreia novo treinador neste domingo. Trata-se de Marcelo Oliveira, que levou a instituição às finais da Copa do Brasil de 2011 e de 2012. Ele volta à capital paranaense após cinco anos tendo exercido a função em diversos clubes, como Palmeiras e Atlético-MG. Ele estava parado desde novembro quando saiu do Galo e recusou alguns convites para voltar a trabalhar de imediato.

No centro de treinamento da Graciosa, o “professor” declarou dar uma atenção toda especial às categorias de base. Já no primeiro treino, ele chamou quatro atletas do sub-20 para se juntarem aos profissionais. Outra atitude do comandante foi o de fazer um apelo para que a torcida compareça ao Couto Pereira e incentive os alviverdes. A média de público da agremiação é bem baixa.

O departamento jurídico do Coxa não conseguiu suspender a pena imposta pelo STJD a Kleber. Assim, o gancho de quinze partidas foi mantido. Desta pena, ele já cumpriu seis.

 

Lei do silêncio em Belo Horizonte

Muita gente diz que o futebol é movido a dinheiro, que quando um quadro traz jogadores milionários, os resultados acompanham. Não é bem assim. Se este raciocínio tivesse fundamento, a rica delegação do Atlético-MG teria atropelado o humilde Botafogo na Copa do Brasil. E o que vimos? Botafogo 3 a 0 e o Galo eliminado.

No desembarque em Belo Horizonte, um forte esquema de segurança foi preparado pela polícia militar para evitar protestos violentos – que não ocorreram. O plantel preferiu não comentar nada sobre o embate de quarta-feira.

O presidente Daniel Nepomuceno esbravejou dizendo que vai reavaliar a situação de cada atleta, pois fez um investimento muito alto para um “primeiro tempo pavoroso de anteontem”. O ídolo Robinho tem sido bastante contestado pelos torcedores.

O Atlético-MG está numa posição ruim na Série A, eliminado da Copa do Brasil e em situação delicada na Taça Libertadores da América. Tem ainda a Primeira Liga, mas esta será incapaz de apagar a má temporada.

Como os alvinegros não têm obtido bons resultados no Independência, a diretoria transferiu o duelo contra o Coritiba para o Mineirão. Pode ser que outras pelejas aconteçam neste palco. O Atlético-MG não manda um jogo neste estádio desde fevereiro, quando encarou o América-MG pelo Campeonato Estadual.

 

As prováveis escalações

Coritiba: Wilson; Léo, Marcio, Luizão e William Matheus; Jonas, Alan Santos, Matheus Galdezani e Tomas Bastos; Rildo e Henrique Almeida. Técnico: Marcelo Melo.

Atlético-MG: Giovanni; Alex Silva, Jesiel, Matheus Mancini e Fábio Santos; Rafael Carioca, Yago, Marlone e Otero; Robinho e Fred. Técnico: Rogério Micale.

Serviço

Ao longo da semana, o Coritiba iniciou as vendas dos ingressos no site dos locais e nos postos de venda física. Desde a manhã de hoje, as bilheterias do Couto Pereira foram abertas. Os preços variam entre R$ 35,00 e R$ 140,00.

 

Palpite

O Coritiba viva o otimismo da troca de comando de seu futebol. A chegada de Marcelo Oliveira serviu para motivar a delegação e torcedores. As vantagens alviverdes para este enfrentamento não param por aí. O Coxa é o dono da casa, conta com os cantos de incentivo de seu torcedor e, principalmente, dedicou a semana inteira a este confronto. O elenco treinou todos os dias focado no rival mineiro, enquanto que o Atlético-MG se deslocou para o Rio de Janeiro e encarou o desgaste dos 90 minutos contra o Botafogo.

O Atlético-MG oscila muito desde o início do ano. Nunca foi brilhante, nem quando conquistou o Campeonato Mineiro em cima do Cruzeiro. Não marcar pontos em casa não é culpa do estádio, nem da torcida. Faz parte da incompetência dos que jogam bola, pois a diretoria fez a sua parte e investiu pesado, mantendo craques como Fred e Robinho. A oportunidade de dar um jeito na equipe foi dada a Rogério Micale mas parece que ele ainda não encontrou uma solução. Não bastassem as más apresentações, o clima na Cidade do Galo é péssimo: craques sendo contestados, torcida e diretoria cobrando e a recente queda no torneio copeiro.

Sendo assim, não tenho como não achar que o Coritiba ganha esta contenda: 2 a 0 para alívio no Paraná e mais crise em Minas Gerais.

 

17ª rodada do Brasileirão

Sábado, 29 de julho:

  • 16h00: Botafogo x São Paulo – palpite: Botafogo.
  • 19h00: Palmeiras x Avaí – palpite: Palmeiras.

Domingo, 30 de julho:

  • 11h00: Chapecoense x Atlético-GO – palpite: Chapecoense.
  • 16h00: Corinthians x Flamengo – palpite: Corinthians.
  • 16h00: Coritiba x Atlético-MG – palpite: empate.
  • 16h00: Bahia x Sport – palpite: Bahia.
  • 16h00: Ponte Preta x Fluminense – palpite: Ponte Preta.
  • 19h00: Cruzeiro x Vitória – palpite: Cruzeiro.
  • 19h00: Grêmio x Santos – palpite: Grêmio.

Segunda-feira, 31 de julho:

  • 20h00: Vasco da Gama x Atlético-PR – palpite: Vasco da Gama.

 

Classificação do Campeonato Brasileiro 2017

  1. Corinthians, 40 – Libertadores
  2. Grêmio, 32 – Libertadores
  3. Santos, 30 – Libertadores
  4. Flamengo, 28 – Libertadores
  5. Palmeiras, 26 – Pré-Libertadores
  6. Sport, 24 – Pré-Libertadores
  7. Botafogo, 24 – Copa Sul-Americana
  8. Vasco, 23 – Copa Sul-Americana
  9. Cruzeiro, 22 – Copa Sul-Americana
  10. Ponte Preta, 21 – Copa Sul-Americana
  11. Chapecoense, 21 – Copa Sul-Americana
  12. Fluminense, 21 – Copa Sul-Americana
  13. Atlético-MG, 20
  14. Bahia, 19
  15. Coritiba, 19
  16. Atlético-PR, 17
  17. Avaí, 17 – Série B
  18. São Paulo, 16 – Série B
  19. Vitória, 12 – Série B
  20. Atlético-GO, 9 – Série B

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Gabriel

    30 de julho de 2017, às 02:31

    2a0

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.