Ganhador.com

Copa do Brasil

Copa do Brasil tem quatro gigantes do Rio e São Paulo em ação; veja prognósticos

Foto: AP Photo/John Raoux

Jogos serão únicos, o que aumenta a chance de zebra e a pressão nos grandes; São Paulo e Fluminense, a priori, têm os jogos mais tranquilos, enquanto Corinthians e Vasco precisam tomar cuidado com a zebra

A Copa do Brasil 2017 ganhou ares de Copa da Inglaterra em suas duas fases iniciais. São jogos únicos. Se o favorito tiver uma noite ruim e perder… adeus! Na segunda fase, empate leva a disputa para os pênaltis.

Neste cenário, Corinthians, São Paulo, Vasco e Fluminense entram em campo nesta quarta-feira. São favoritos contra times menores. Mas um deslize pode ser fatal. Qual deles pode ser vítima da famosa zebrinha?

 

PSTC x SÃO PAULO

O São Paulo, de Rogério Ceni, tem se notabilizado por jogar de forma ofensiva e se expor muito. Faz e leva um bom número de gols. Até agora, em sete partidas oficiais na temporada, o São Paulo só não tomou gols na primeira fase da Copa do Brasil, quando ganhou do Moto Club por 1 a 0. Aliás, este foi o único jogo do São Paulo no ano com menos de quatro gols marcados e o único em que o time não sofreu pelo menos dois gols.

O PSTC, clube com nome de partido político e criado há 22 anos para jogar campeonatos de base e revelar jogadores, acabou precisando se profissionalizar recentemente por uma mudança de estatuto na Federação. É o penúltimo no Campeonato Paranaense, ainda sem vitórias e com a segunda defesa mais vazada.

Jogando com a torcida toda a favor na cidade de Londrina, onde há muitos são-paulinos, o time de Ceni não deve ter problemas para fazer gols e passar de fase. Dos quatro grandes, é quem tem a vida mais fácil. Prognóstico: 4 a 1 para o São Paulo.

 

SINOP x FLUMINENSE

O Flu vai bem, obrigado, desde a volta de Abel Braga ao comando técnico. É um dos times mais quentes do Brasil neste começo de temporada, mas pode poupar alguns jogadores na Copa do Brasil pensando no clássico Fla-Flu que vai decidir a Taça Guanabara no fim de semana.

No sábado, o Flu empatou com o Madureira sem gols e foi dominado, deu sorte de se safar com a classificação. Surpreendente, após uma campanha anterior de 100% de aproveitamento no Estadual do Rio, com 14 gols feitos em cinco jogos. Até agora, em seis partidas, o time de Abel ainda não sofreu um gol sequer no Carioca.

O Sinop começou bem a temporada e lidera o Campeonato Matogrossense, com quatro vitórias e um empate até agora, apenas dois gols sofridos.

O Flu não terá Gustavo Scarpa, e as lesões devem fazer Abelão escalar um time misto em Sinop. Prognóstico: se poupar gente demais, o Flu pode se complicar. É bom ficar de olho no noticiário antes do jogo. O palpite é de vitória do Flu por 2 a 0.

 

BRUSQUE x CORINTHIANS

Após a derrota para o Santo André e um início de crise, o Corinthians embalou com quatro vitórias seguidas no Paulistão. Bateu o Palmeiras no dérbi e, no fim de semana, ganhou no interior do Mirassol, que era o último invicto no torneio. A experiência com Jô e Kazim juntos deu certo, e o time fez três gols.

Mas o Brusque é um rival perigoso, é a sensação do Campeonato Catarinense até agora. Já ganhou de Figueirense e Chapecoense e, após oito rodadas, é o vice-líder com 15 pontos, atrás somente do Avaí. Na Copa do Brasil, passou pelo tradicional Clube do Remo na primeira fase.

Depois do título estadual, em 92, o Brusque vive um dos momentos mais importantes de sua história. Apesar das ofertas para vender o mando de campo e jogar em algum estádio maior, que fatalmente estaria lotado de corintianos, a diretoria resolveu manter a partida em Brusque.

Os 3600 ingressos para a torcida local foram vendidos em poucas horas – outros 400 foram enviados ao Corinthians. Será um verdadeiro caldeirão, bem diferente do que o São Paulo vai encontrar em Londrina, por exemplo.

O Corinthians vem de dois jogos desgastantes, o último com chuva e campo pesado. Carille deve dar descanso a alguns jogadores e pode promover a reestreia de Jadson.

Dos quatro grandes que jogam na quarta-feira, o Corinthians é quem vai enfrentar o ambiente mais hostil e um time que se mostra competitivo em um campeonato de bom nível. É uma chance real de zebra, sem dúvida. Palpite: 1 a 0 Corinthians, com direito a drama.

 

VILA NOVA-GO x VASCO

Se o Corinthians enfrenta um time em bom momento e com estádio “contra”, o Vasco é quem pega a camisa mais tradicional: a do Vila Nova, um dos clubes mais importantes de Goiás. O Serra Dourada estará cheio, mas, como quase sempre em Goiânia, o clube do Rio de Janeiro vai ter pelo menos metade das arquibancadas ao seu lado.

O Vila lidera seu grupo e tem a melhor campanha do Campeonato Goiano, à frente do Goiás, com quatro vitórias, dois empates e só uma derrota em sete jogos – derrota para o Atlético-GO.

O Vasco se arrastou até as semifinais da Taça Guanabara, quando perdeu para o Flamengo e o técnico Cristóvão Borges foi chamado de “burro” pela torcida. O time passa por uma nítida transição, ainda não estreou todos os reforços e o objetivo principal é fazer um Brasileirão digno. Enquanto isso, sofre com críticas de torcida e imprensa.

Ao contrário de Fluminense, São Paulo e Corinthians, o Vasco não deve e não pode poupar ninguém, pois não tem jogo no fim de semana.

É a maior chance de zebra na quarta-feira, pela tradição do rival e a instabilidade do próprio Vasco. Prognóstico: empate em Goiânia, com vaga decidida nos pênaltis.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar