Copa Libertadores

Confira prognósticos do duelo decisivo entre Botafogo e Nacional pelas Oitavas da Copa Libertadores

Foto: AP Photo/Andres Cuenca

Brasileiros venceram fora e jogam por um empate no Nílton Santos

A Copa Libertadores decide nesta quinta-feira os últimos três classificados para as quartas de final. Em um desses jogos, o Botafogo recebe o Nacional-URU, no Estádio Nílton Santos, às 19h15 e precisa de apenas um empate para se classificar. A vantagem se deve ao fato dos brasileiros terem vencido em Montevidéu por 1 a 0 na partida de ida.

 

Botafogo sem medo de cara feia

Depois de eliminar Olímpia, Colo-Colo, Estudiantes e Atlético Nacional, o Botafogo tem tudo para deixar pelo caminho o quinto campeão de Libertadores. Para isso, o clube precisa desligar a cabeça do Brasileirão, pois a fase não é boa. Na competição nacional, o alvinegro não sabe o que é vencer há cinco jogos.

Acontece que desde o começo da temporada, os cariocas deixaram bem claro que o foco é a competição sul-americana, então, não dá para comparar o desempenho nos dois torneios.

Considerando então só a Libertadores, a campanha mostra que a classificação é praticamente certa. Dos cinco jogos da equipe no Nílton Santos, em quatro o Botafogo saiu de campo com a vitória. O único revés foi para o Barcelona, por 2 a 0, e que seria suficiente para uma eliminação nesta quinta-feira.

Para não correr o risco, o clube deve jogar fechado, saindo apenas no momento certo, como tem sido o estilo de Jair Ventura no comando do time.

 

Para fazer história

Caso passe pelo Nacional, o Botafogo alcançará o seu melhor desempenho na história da Libertadores em termos de classificação. O clube até já esteve nas semifinais em 1963, porém, naquela ocasião a competição era disputada por apenas onze times e bastava apenas passar da fase de grupos para alcançar esta etapa.

Desde que o torneio foi ampliado, contando com no mínimo 20 participantes, o alvinegro teve como melhor desempenho a campanha de 1996, quando caiu nas oitavas de final diante do Grêmio. Na última participação, em 2014, o clube sequer passou da fase de grupos.

 

Nacional sem ritmo de jogo

Com três títulos da Libertadores, o Nacional tem um nome forte por causa da sua história. No entanto, o momento atual não é dos melhores, com o clube aparecendo nas oitavas de final somente por causa do erro administrativo da Chapecoense, que perdeu os pontos por uma escalação irregular. Com a punição, a vaga caiu no colo dos uruguaios.

É bem verdade que o time evoluiu durante o ano e até conseguiu ficar com a segunda posição do Campeonato Nacional. O problema é que o calendário do país vizinho é diferente do daqui e a equipe não entra em campo para uma partida oficial desde 16 de julho.

Neste período, apenas entrou em campo diante do Boca Juniors, em um amistoso realizado em 29 de julho. Porém, isso é muito pouco para devolver o ritmo de jogo e isso certamente vai pesar para esta quinta-feira. Principalmente porque o Nacional tem que buscar a vitória. Portanto, se os uruguaios não conseguirem sair na frente ainda no primeiro tempo, a chance de buscar resultado na segunda etapa é bem limitada.

 

Retrospecto de Botafogo x Nacional

As equipes se encontraram em sete oportunidades. O Botafogo larga na frente com quatro vitórias, enquanto o Nacional ganhou duas e terminou uma empatada. Porém, com exceção do duelo de ida, os times não se enfrentavam desde 1973, quando os brasileiros venceram as duas partidas da edição da Libertadores daquele ano.

 

Prováveis escalações

Os dois times chegam completos para o confronto decisivo desta quinta-feira.

Botafogo: Gatito Fernández, Luís Ricardo, Joel Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Rodrigo, Fernandez, João Paulo, Marcos Vinícius e Rodrigo Pimpão; Roger.

Nacional: Conde, Fucile, Garcia, Polenta e Espino; Romero, Gonzalez e Carballo; Fernandez, Viudez e Silveira

 

Palpite

Mesmo precisando da vitória, o Nacional não deve ir para o ataque de qualquer jeito. No melhor estilo uruguaio, vai jogar recuado e buscar uma bola. No entanto, bem montado e com uma boa vantagem, o Botafogo deve conseguir se segurar e ganhar novamente.

 

Jogos das oitavas de final da Copa Libertadores

Quarta-feira, 09 de agosto

  • 19:15 – Grêmio x Godoy Cruz. Palpite: Grêmio vence por 2 a 0
  • 21:45 – Atlético-MG x Jorge Wilstermann. Palpite: Atlético-MG vence por 3 a 1

Quinta-feira, 10 de agosto

  • 19:15 – Botafogo x Nacional. Palpite: Botafogo vence por 2 a 1
  • 21:45 – San Lorenzo x Emelec. Palpite: San Lorenzo vence por 2 a 0
  • 21:45 – Santos x Atlético-PR. Palpite: Santos vence por 3 a 1

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar