Ganhador.com

Fórmula 1

Com Mercedes sobrando, Lewis Hamilton tem tudo para vencer no GP da Hungria de Fórmula 1

Foto: Mark Thompson/Getty Images

Único rival desta etapa deve ser o companheiro Valtteri Bottas

A Fórmula 1 desembarca na Hungria neste final de semana e a disputa pela liderança da temporada vai ser ainda mais quente. Com direito a pneu furado, Sebastian Vettel teve um péssimo desempenho na etapa anterior e agora tem apenas um ponto de vantagem sobre Lewis Hamilton. Além disso, Valtteri Bottas começou a aparecer no retrovisor também e botou mais lenha no campeonato.

 

Mercedes dominante

Após um começo de temporada equilibrado entre Ferrari e Mercedes, ficou no ar uma expectativa de que de enfim teríamos quatro pilotos na briga pelo campeonato. No entanto, as etapas foram passando e a realidade é que a equipe alemã é consideravelmente superior, vendo apenas Vettel lutar no meio de seus carros.

Com isso, a grande disputa seria entre Lewis Hamilton e Vatteri Bottas, afinal, a dupla ganhou três das últimas quatro provas. Porém, é algo totalmente divulgado que a função do finlandês é abrir os caminhos para o britânico e não causar problemas no campeonato de construtores. Sendo assim, o que seria uma incógnita se transforma em favoritismo para Hamilton, que tem tudo para ter pista livre na Hungria.

 

Sebastian Vettel busca recuperação

Líder do campeonato, Sebastian Vettel caiu muito de rendimento nas últimas semanas. O alemão não sabe o que é vencer desde Mônaco, há quatro corridas. Muito tempo para quem quer brigar por um título da Fórmula 1. Para piorar, neste período só conseguiu alcançar o pódio uma vez. Precisando de uma reação, deve fazer a corrida da vida neste final de semana.

 

Daniel Ricciardo comendo pelas beiradas

Sem ter um carro tão forte quando a Mercedes e a Ferrari, Daniel Ricciardo vem fazendo um campeonato excelente. Prova disso é que inclusive já conseguiu até vencer uma corrida, na Áustria. Além disso, chegou ao pódio em cinco etapas, uma vez a menos que Hamilton, por exemplo.

 

Kimi Raikkonen e Max Verstappen seguem decepcionando

O Campeonato seria bem mais interessante se Kimi Raikkonen e Max Verstappen conseguissem fazer nas pistas o mesmo que os seus companheiros. Entre os dois, o finlandês até é melhor e conseguiu um pódio no Reino Unido, mas dificilmente repete o feito neste domingo. O holandês, que só chegou nas três primeiras posições uma única vez na temporada, é possivelmente a maior decepção do ano e novamente deve ficar na luta pelos pontos.

 

Disputa por pontos

Se Sergio Perez e Esteban Ocon não possuem chances de brigar por um pódio, ao menos na zona de pontuação são nomes certos. O mexicano ficou de fora do top 10 duas vezes, mas o francês apenas uma e, portanto, demonstram uma regularidade impressionante.

Com rendimentos um pouco inferiores, Carlos Sainz Jr e Nico Hulkenberg também devem brigar por pontos, mas são opções menos confiáveis. O mesmo vale para o brasileiro Felipe Massa, que até conseguiu chegar entre os dez primeiros colocados nas duas etapas anteriores, mas que em quatro ocasiões ficou de fora.

 

Hamilton é o maior vencedor

Com o triunfo no ano passado, Lewis Hamilton se tornou o piloto com mais vitórias do GP da Hungria de forma isolada, com cinco. Depois do britânico, aparecem Michael Schumacher, com quatro, e Ayrton Senna, com três. Dos rivais em atividade, somente Fernando Alonso, Kimi Raikkonen, Daniel Ricciardo e Sebastian Vettel já ganharam no local, mas apenas uma vez cada.

Entre as equipes, o domínio é da McLaren, com 11 vitórias. No entanto, não sabem o que é vencer no local desde 2012.

 

Palpite

Com o domínio recente da Mercedes, você pode esperar que o vencedor seja um piloto da equipe alemã. Considerando a prioridade da empresa para que Lewis Hamilton ganhe, por ser o número 1, o britânico larga então com grande favoritismo. Para Valtteri Bottas, a expectativa é que fique com um lugar no pódio. A terceira vaga muito provavelmente será disputada entre Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo, mas a tendência é uma recuperação do alemão da Ferrari.

 

Programação da Fórmula 1 na Hungria

Sexta-feira, 28 de julho

  • 5:00 – Treino Livre 1
  • 9:00 – Treino Livre 2

Sábado, 29 de julho

  • 6:00 – Treino Livre 3
  • 9:00 – Treino de Classificação

Domingo, 30 de julho

  • 9:00 – Corrida

 

Classificação da Fórmula 1 2017

  1. Sebastian Vettel, 177
  2. Lewis Hamilton, 176
  3. Valtteri Bottas, 154
  4. Daniel Ricciardo, 117
  5. Kimi Raikkonen, 98
  6. Max Verstappen, 57
  7. Sergio Perez, 52
  8. Esteban Ocon, 43
  9. Carlos Sainz Jr, 29
  10. Nico Hulkenberg, 23

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar