Ciclismo

Chris Froome segue dominante no Tour de France e vai em busca do tricampeonato

Foto: Chris Graythen/Getty Images

Britânico aparece na ponta em 2017 e tem tudo para renovar as conquistas dos últimos anos

Praticamente três quartos do Tour de France ficaram pelo caminho e Chris Froome segue a pedaladas largas para vencer mais um título. Atual bicampeão da competição, o britânico tem 18 segundos de vantagem sobre Fabio Aru e tem mais seis etapas para segurar a primeira colocação.

As últimas três provas não foram as melhores de Froome, mas ainda assim conseguiu administrar sua folga na frente. No domingo, por vezes foi visto andando em ritmo lento, portanto, deve voltar com carga total nesta terça-feira, algo comum para o ciclista, que conhece muito bem a disputa.

Fabio Aru até vem em segundo, mas também não tem conseguido se aproximar. Os que mais ameaçam o líder foram Romain Bardet e Rigoberto Uran, que estão poucos segundos atrás e devem ultrapassar o italiano nas próximas etapas.

Bem próximos da disputa também aparecem Daniel Martin, Mikel Landa e Simon Yates. No entanto, ainda correm um pouco por fora pelo título. Na última prova, o vencedor foi Bauke Mollema, mas como é o 24º colocado, seria uma grande surpresa conquistar esta temporada.

   

Os donos das camisas

No Tour de France existem quatro camisas especiais para os ciclistas de destaque. A mais famosa é a tradicional amarela, que fica com o líder da classificação geral por tempo. No momento, Chris Froome é quem está andando com ela.

No entanto, outras três também carregam bastante prestígio. A verde é entregue para o líder em pontos. Assim como em competições de automobilismo, por exemplo, cada etapa garante uma pontuação e o melhor no total anda com o traje especial. Por enquanto Marcel Kittel é o cara, com 373 pontos. Michael Matthews até chega perto, com 294, mas os demais estão praticamente fora da disputa.

Além dessas duas, temos a camisa quadriculada branca e vermelha para o melhor em pontos em provas de montanha e a branca para o líder entre os novatos. Estas estão com Warren Barguil e Simon Yates. Ambos também aparecem com uma considerável vantagem sobre os rivais.

   

Classificação por equipes

Com 15 etapas, a SKY vem confirmando o favoritismo e aparece tranquilamente na liderança por equipes, com 194h, 10min e 44s. São 9min e 52s de vantagem sobre a AG2R La Mondiale, que aparece como a principal concorrente. Todas as demais estão mais de uma hora atrás.

   

Começo problemático

A edição de 2017 trouxe bastante dificuldade para os participantes nas primeiras etapas. Como a competição partiu de Dusseldörf, na Alemanha, que havia sido castigada pela chuva, a pista estava extremamente molhada e escorregaria. Com isso, muitas quedas e abandonos marcaram os dias iniciais. Até mesmo o líder Chris Froome sofreu com as condições climáticas, indo ao chão e tendo que trocar a bicicleta.

   

O que esperar desta reta final

Apesar de ainda restarem seis etapas, duas delas costumam ser mais decisivas. A primeira é a 18ª, realizada nesta quinta-feira (20/07). Nela, os competidores vão passar por 180 km, com direito a três subidas e uma montanha com simplesmente 14 km e uma altitude de 2360 metros. Neste dia, os escaladores natos certamente vão se aproximar e até ultrapassar ciclistas menos eficientes.

Depois, a briga maior vai ser na penúltima etapa, e uma prova rápida de 23 km contrarrelógio, mas com grandes desafios. No entanto, esta parte não deve mexer tanto com o tempo dos favoritos.

   

Chris Froome perto de fazer história

Líder desta edição, Chris Froome pode chegar ao quarto título do Tour de France da sua carreira. O britânico é o atual bicampeão e também já havia vencido em 2013. Alcançando quatro conquistas, só ficaria atrás de Jacques Anquetil, Eddy Merckx, Bernard Hinault e Miguel Indurain, que ganharam cinco vezes. No entanto, nenhum desses faturou depois de 1995.

Lembrando que Lance Armstrong seria o recordista com sete, mas seus títulos foram retirados após a descoberta de que o competidor usava drogas para melhorar seu desempenho.

Dos que já venceram em outra ocasião e podem tirar o título de Froome, o melhor posicionado é Alberto Contador, que aparece em nono, cinco minutos atrás do líder.

   

Programação das últimas etapas do Tour de France

  • 16ª etapa: Terça-feira (18/07) – Le Puy-en-Velay – Romans-sur-Isère – 165 km
  • 17ª etapa: Quarta-feira (19/07) – La Mure – Serre-Chevalier – 183 km
  • 18ª etapa: Quinta-feira (20/07) – Briançon – Izoard – 179,5 km
  • 19ª etapa: Sexta-feira (21/07) – Embrun – Salon-de-Provence – 222,5 km
  • 20ª etapa: Sábado (22/07) – Marselha – Marselha – 22,5 km
  • 21ª etapa: Domingo (23/07) – Montgeron – Paris – 103 km

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar