Ganhador.com

Catarinense

Chapecoense favorita ao tricampeonato catarinense em 2018

Foto: Masashi Hara/Getty Images

Chape se reconstruiu em 2017 conquistando o Estadual e a vaga na Libertadores

A Chapecoense é favorita para dar mais uma volta olímpica. Mesmo com a tragédia de novembro de 2016 e precisando reconstruir o departamento de futebol, o Verdão do Oeste se tornou um dos melhores times brasileiros e vai nos representar na próxima Taça Libertadores da América. Os outros grandes Avaí, Criciúma, Figueirense e Joinville não conseguiram frear o sucesso da Chape.

 

Os participantes

Dez equipes concorrem ao título de campeão catarinense de 2018. A Chapecoense é a única representante da elite do futebol brasileiro na contenda. Avaí (da capital), Criciúma e Figueirense (de Florianópolis) estão na Série B nacional. O Joinville estagnou-se na terceirona do país. Brusque, Internacional (de Lages) e Tubarão representam Santa Catarina na quarta divisão do Campeonato Brasileiro.

Além deles, Concórdia (atual campeão da segundona Estadual) e Hercílio Luz (promovido da segunda divisão), de Tubarão, completam a lista de inscritos.

 

Final em jogo único

O regulamento do Campeonato Catarinense é bem simples. Os dez postulantes ao título se enfrentam em turno e returno totalizando 18 partidas para cada. Os dois melhores passam à final e os dois piores caem para a Série B de 2019.

A final terá apenas uma peleja na casa do primeiro colocado. Em caso de empate, a decisão vai para os pênaltis, sem prorrogação.

A competição classifica os três melhores para a Copa do Brasil de 2019. Três quadros também asseguram presença na Série D do Brasileirão do ano seguinte.

 

Como foi este ano?

Os dez clubes se enfrentaram em turno e returno divididos por turnos. Com 21 pontos ganhos, o Avaí conquistou o primeiro e se classificou para a final. Com 22 pontos, a Chapecoense terminou na frente do segundo e também avançou à decisão. Nas finais, a Chape ganhou em Florianópolis do Leão por 1 a 0, mas perdeu na Arena Condá pelo mesmo placar. Por ter tido a melhor campanha ao longo da primeira fase, o título ficou com o Verdão do Oeste.

Almirante Barroso e Metropolitano acabaram rebaixados à segunda divisão de 2018.

 

As preparações

O vai e vem do mercado está agitado após o encerramento do calendário brasileiro de futebol profissional.

O Avaí tem contrato com Alemão e Romulo. Joel e Judson foram procurados para suas renovações. Simião tem proposta da Ponte Preta e Diego Tavares do Botafogo-SP. Já Júnior Dutra acertou sua transferência para o Corinthians.

O Brusque contratou o goleiro André Luis, que estava no Remo.

A Chapecoense sonha em manter Wellington Paulista no plantel, mas seu alto salário é um entrave para as negociações.

O Criciúma ainda não tem técnico, mas anunciou Newton Drummond como novo diretor de futebol. O ídolo Raphael Silva ainda não confirmou se fica no Tigre.

O Figueirense, que quase foi rebaixado em 2017, pode perder Dudu, para o Internacional, e Marco Antônio, que está sem contrato. O alvinegro fez propostas para trazer Nogueira (do Fluminense), Agenor (do Sport) e Betinho (do Guarani).

O Joinville foi às compras: Dick (ex-CSA), Marcos Paraná (ex-Brasil de Pelotas), Helder (ex-Goiás) e Michel Schmöller (ex-CSA) assinaram com o tricolor, que agendou amistosos contra o Cianorte e o sub-20 do Atlético-PR em janeiro. Em outra frente, a instituição fechou o ano com o título de campeã brasileira masculina de futsal.

 

Dez clubes na Série B

A segundona catarinense de 2018 conta com três novidades: o Blumenau EC, campeão da série C, além de Almirante Barroso (de Itajaí) e Metropolitano (de Blumenau) que desceram da primeira divisão.

As demais agremiações são Barra e Camboriú (ambos de Balneário Camboriú), Fluminense (de Joinville), Guarani (de Palhoça), Juventus (de Jaraguá do Sul), Marcílio Dias (de Itajaí) e Operário (de Mafra).

O regulamento e a tabela ainda não foram divulgados.

 

Ranking de campeões

  • Figueirense, 17
  • Avaí, 16
  • Joinville, 12
  • Criciúma, 10
  • Chapecoense, 6
  • América, 5
  • Metropol, 5
  • Caxias, 3
  • Carlos Renaux, 2
  • Hercílio Luz, 2
  • Olímpico, 2
  • Atlético Catarinense, 1
  • Brusque, 1
  • CIP, 1
  • Externato, 1
  • Ferroviário, 1
  • Internacional (de Lages), 1
  • Lauro Müller, 1
  • Marcílio Dias, 1
  • Operário, 1
  • Paula Ramos, 1
  • Paysandu, 1
  • Perdigão, 1
  • Ypiranga, 1

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar