Ganhador.com

La Liga

Barcelona começa bem sem Neymar e mantém 100%, mas perde Dembélé, lesionado

Foto: Miguel Ruiz / Barcelona Oficial

Time da Catalunha lidera o espanhol com quatro vitórias em quatro jogos

A saída de Neymar deixou um vazio no Barcelona, que ficou evidente na final da Supercopa espanhola, quando o Real Madrid passeou nos dois jogos. No entanto, a equipe tem arrumado a casa e chegou a quarta vitória seguida na liga.

Começo animador

Certamente o torcedor mais desesperado estava preocupado do Barcelona patinar na maioria das partidas neste começo de temporada. No entanto, a realidade tem sido bem diferente no campeonato espanhol, tendo conquistado quatro vitórias seguidas. A última ocorreu neste sábado, contra o Getafe, por 2 a 1. No compromisso, o destaque foi o recém-contratado Paulinho, que anotou o segundo gol nos últimos minutos.

A boa fase deu esperanças de o clube manter a qualidade após a saída de Neymar, porém, a perda de Dembélé, que saiu lesionado, pode causar problemas para os próximos compromissos.

O primeiro teste sem o jogador vai ser nesta terça-feira, quando o Barcelona volta à campo contra o Eibar, pela quinta rodada. Como o adversário é limitado, a chance de goleada é grande.

 

Trauma antigo

O medo do torcedor catalão é ver o clube repetir a história de 2000. Na época, o Barcelona vinha forte no espanhol, tendo conquistado dois títulos e um vice-campeonato. Porém, depois disso o meia-atacante Luís Figo acertou a saída da equipe e o time despencou para a quarta colocação na sua primeira temporada sem o craque.

 

Perda temporária

A situação do Barcelona acaba ficando mais tranquilo porque o Real Madrid perdeu Cristiano Ronaldo para estas primeiras rodadas, por suspensão. Com isso, ficou no empate contra Valência e Levante, largando um pouco atrás na corrida pelo título.

No entanto, a recuperação veio nesta rodada, mesmo sem o português. O clube bateu o forte Real Sociedad, fora de casa, por 3 a 1. O grande destaque deste final de semana foi Gareth Bale, que fez as pazes com a rede e anotou o terceiro gol da partida.

Com o resultado, os merengues subiram para a quarta colocação, com oito pontos, enquanto o adversário se manteve na terceira posição, com nove.

Agora, o Real Madrid contará com a volta de Cristiano Ronaldo, que deve correr atrás do tempo perdido. Azar do Betis, que é o adversário desta quarta-feira e certamente terá a meta vazada pelo português.

Já o Real Sociedade não terá vida fácil, pois visita o Levante, que está invicto no campeonato.

 

Sevilla mantem regularidade

Sem levantar uma taça desde 1946, o Sevilla não demonstra ter condições de brigar pelo título espanhol, porém, deve mais uma vez ficar entre os quatro primeiros colocados. Nesta edição, são 10 pontos conquistados de 12 disputados. Os três recentes vieram através de uma vitória apertada por 1 a 0 sobre o Girona.

Na quinta rodada, o Sevilla recebe o Las Palmas e certamente conquistará os três pontos, se mantendo na briga pela taça.

 

Festa na nova casa

Um dos acontecimentos mais aguardados desta temporada no campeonato espanhol era a inauguração do Estádio Metropolitano. A nova casa do Atlético de Madrid foi aberta neste sábado e com direito a festa do mandante, que venceu o Málaga por 1 a 0, com gol de Griezmann. A estrela francesa é exatamente um dos fatores que faz o time de Simeone aparecer como um candidato ao título ou tentar ao menos bater de frente com o Barcelona.

Com a base das últimas temporadas, o clube tem condições de brigar, mas para isso tem que vencer os outros times da parte de cima. Nesta quarta-feira, o Atlético de Madrid vai ter um novo teste para provar que de fato pode lutar, pois encara o forte Athletic Bilbao, fora de casa.

O rival até fazia uma boa campanha, com sete pontos nos três primeiros jogos, mas acabou sendo superado pelo modesto Las Palmas, por 1 a 0. O revés torna o duelo da quinta rodada ainda mais interessante, pois os dois clubes precisarão da vitória.

 

Palpite

Apesar do começo bom, dificilmente o Barcelona conseguirá manter este ritmo até o final da temporada. A situação ficará ainda bem mais complicada porque se antes dava para poupar uma estrela do ataque, deixando duas em campo, agora se isso se repetir, Messi ou Suárez ficaram isolados na frente. Além disso, Dembélé lesionado forçará Deulofeu mostrar que de fato tem qualidade, o que ainda não dá para saber.

De qualquer forma, o Real Madrid é bem mais forte taticamente, o que deve pesar a longo prazo e principalmente nos confrontos diretos, como foi visto na Supercopa.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar