Ganhador.com

Brasileirão Série A

Atlético-PR x Ponte Preta pela rodada 16: em casa, Furacão tentará frear reação da Macaca

Foto: Alexandre Schneider/Getty Images

Campineiros golearam o Coritiba no meio da semana e escaparam de entrar no Z-4; Rubro-Negro do Paraná é justamente o primeiro time fora da zona da degola

A zona do rebaixamento do Brasileirão 2017 pode ter um novo ocupante ao término da 16ª rodada. Como o São Paulo venceu o Vasco em casa por 1 a 0, o Tricolor do Morumbi passou o Avaí – que empatou sem gols com o líder Corinthians – e agora é o time que abre o Z-4 com 15 pontos. Com apenas dois pontos a mais, o Atlético-PR se vê na obrigação de ganhar neste fim de semana para não correr o risco de voltar para zona da degola, onde esteve nas primeiras rodadas da competição.

 

ATLÉTICO-PR X PONTE PRETA

Neste domingo (23), às 19h (horário de Brasília), o Furacão joga pela segunda vez consecutiva em casa. Na quinta-feira (20), o Rubro-Negro do Paraná frustrou a torcida ao ficar no resultado igual em 0 a 0 com o Botafogo. O adversário da vez será a Ponte Preta, que ganhou novo ânimo na competição ao bater o Coritiba por 4 a 0, na última quarta-feira (19), no estádio Moisés Lucarelli. Com a goleada, a Macaca tomou um pequeno fôlego ao abrir três pontos para o São Paulo (18-15), além de subir duas posições na tabela – é o 14º colocado.

 

KLEINA TEM PROBLEMAS PARA ESCALAR A PONTE

O técnico da Ponte, Gilson Kleina, lamenta o fato de ter duas baixas para o jogo de domingo: o volante Fernando Bob, machucado, e o atacante Emerson Sheik, que será obrigado a cumprir suspensão depois que recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Coxa. A maior preocupação é com o meia, que será substituído por Elton. O departamento médico constatou um estiramento no ligamento do joelho direito do jogador. Em princípio, ele fica fora do time pelo menos por duas semanas.

Antes do duelo diante do Coritiba, jogadores, comissão técnica, diretores e até chefes de torcida se reuniram para tentar entender a má fase que a equipe passava. Depois que a roupa suja foi lavada, a sensação de todos é que a chacoalhada no elenco surtiu efeito, tanto que o clima na reapresentação pós-goleada era de leveza e confiança renovada.

 

FURACÃO DEVE IR A CAMPO COM TRÊS DESFALQUES

Já pelos lados do Furacão, o volante Otávio e o meia Lucho González são desfalques certos depois de terem tomado o terceiro cartão amarelo contra o Botafogo. A tendência é que o treinador Fabiano Soares opte pelos substitutos entre Bruno Guimarães, Deivid e Matheus Rossetto, para a vaga de Otávio, além dos meias Guilherme e Matheus Anjos, no lugar do argentino. Outra ausência praticamente confirmada é a do lateral-direito Jonathan, que saiu machucado ainda no primeiro tempo do embate contra o Glorioso. Caso ele não tenha condições, Gustavo Cascardo, que entrou no decorrer da partida de ontem (20), será escalado.

 

HISTÓRICO DO CONFRONTO ENTRE ATLÉTICO-PR E PONTE PRETA

Em 27 jogos oficiais, o Atlético-PR conta com a vantagem de ter vencido a Macaca em 14 ocasiões. Já os campineiros conseguiram bater o Furacão em nove confrontos. O placar ficou igual mais quatro vezes. No Brasileirão do ano passado, cada clube saiu vitorioso em seus domínios. Na Arena Baixada, no returno, os paranaenses golearam por 3 a 0.

 

Prováveis escalações:

ATLÉTICO-PR: Weverton; Cascardo, Thiago Heleno, Paulo André e Sidcley; Bruno Guimarães, Eduardo Henrique (Guilherme) e Lucho Gonzalez; Nikão, Pablo e Douglas Coutinho (Ederson). Técnico: Fabiano Soares

PONTE PRETA: Aranha, Jefferson, Marllon, Rodrigo, Danilo; Elton, Renato Cajá, Léo Artur (Nino Paraíba) e Naldo; Lucca e Maranhão.
Técnico: Gilson Kleina

 

Palpite:

Hora de a Ponte reagir. Novos jogadores foram contratados, o elenco apresenta uma nova disposição e mais comprometimento para a sequência do campeonato. A verdade é que o elástico placar diante do Coritiba deixou o torcedor esperançoso. Já o Furacão não conseguiu transformar o domínio sobre o Botafogo em ações efetivas, quando o goleiro Jefferson fez apenas uma defesa difícil. Mas atuar na casa do Atlético-PR é sempre uma parada dura. Sendo assim, a melhor direção é imaginar o empate.

 

Jogos da 16ª rodada do Brasileirão 2017 (favoritos em negrito):

  • 22/07 – 16:00 – Vitória x Chapecoense – palpite:empate
  • 22/07 – 19:00 – Flamengo x Coritiba
  • 23/07 – 11:00 – Santos x Bahia
  • 23/07 – 16:00 – Fluminense x Corinthians
  • 23/07 – 16:00 – Sport Recife x Palmeiras – palpite:empate
  • 23/07 – 16:00 – Avaí x Cruzeiro
  • 23/07 – 19:00 – Atlético-MG x Vasco
  • 23/07 – 19:00 – Atlético-PR x Ponte Preta – palpite:empate
  • 23/07 – 19:00 – Atlético-GO x Botafogo
  • 24/07 – 20:00 – São Paulo x Grêmio

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar