Ganhador.com

Boxe

Aposta em James DeGale contra Badou Jack é a mais indicada na luta pelos títulos da CMB/FIB

Foto: Bryn Lennon/Getty Images

Provocações pré-luta já esquentam o duelo. José “Sniper” Pedraza defende o título dos super-penas contra Gervonta “The One” Davis na preliminar.

A noite de sábado (14) será de boxe em alto nível para quem quiser se divertir e faturar com boas apostas. Em Nova York, no ringue montado no Barclays Center, a luta principal, na categoria dos super-médios, será entre o inglês James DeGale, campeão pela Federação Internacional de Boxe (FIB), e o sueco Badou Jack, dono do cinturão do Conselho Mundial de Boxe (CMB) – em um duelo em que o vencedor terá a chance de unificar os dois títulos. Ao longo do artigo, entenda por que DeGale é favorito contra Jack, conforme os nossos odds.

Os números mostram o pugilista inglês, medalha de ouro na Olimpíada de Pequim, em 2008, com maiores chances de sair vitorioso, quando tal palpite traria o pagamento de R$ 1,33 por cada real. Com relação ao lutador sueco, a cotação, caso ele tome o cinturão do oponente, é de R$ 3,35 sobre R$ 1. Mas é bom reparar no cartel de cada um, que apresenta um grande equilíbrio:

 

Badou Jack (33 anos):

  • Lutas: 23
  • Vitórias: 20
  • Nocautes: 12
  • Derrotas: 1

 

James DeGale (30 anos):

  • Lutas: 24
  • Vitórias: 23
  • Nocautes: 14
  • Derrotas: 1

 

EMBATE VERBAL É ACIRRADO ANTES DO CONFRONTO

A luta entre DeGale e Jack começou antes mesmo de os dois subirem no ringue, muito em função de os dois não pararem de trocar provocações. E não há momento mais propício para o tira-teima, visto que os dois pugilistas encontram-se no mesmo nível. O inglês tratou de apimentar ainda mais o confronto, ao dizer que o campeão pelo CMB vinha fugindo dele nos últimos tempos.

“A única razão pela qual essa luta não aconteceu de forma mais rápida é que Badou Jack não queria isso. Depois da luta contra (Lucian) Bute, ele provavelmente não queria. E só acabou aceitando depois que eu derrotei (Rogelio) Medina”, provocou o dono do cinturão da FIB.

Jack respondeu dizendo que o desafiante estava inventando uma história sem pé nem cabeça.

“É tudo uma mentira. Eu estive pronto desde o verão. Eu disse a vocês, nós poderíamos lutar em junho”, justificou.

 

FORMA FÍSICA DE DEGALE SOB QUESTIONAMENTO

Os dois últimos combates de DeGale levantaram dúvidas sobre suas condições físicas. Suas pernas pareciam fracas e ele não demonstrava o mesmo desejo de tomar o centro do ringue para lutar, uma de suas principais características. Quando você compara o estilo agressivo dos tempos dos Jogos Olímpicos ao desempenho recente – em seus últimos dois combates, contra Medina e Bute –, fica claro que a idade está começando a pesar.

Foram anos de espera até faturar um título mundial. Agora que ele é o campeão da FIB, suas pernas já não acompanham seu ímpeto. Mas se ele fez uma grande preparação para o duelo contra Jack, temos grandes chances de ver o verdadeiro James DeGale no sábado.

 

INATIVIDADE DE BADOU JACK PODE PESAR

Assim como DeGale, Badou está há nove meses parado. O sueco não é um lutador que parte para cima logo no início de um combate. Ele gostar de testar sua resistência e levar os adversários à exaustão. Mas aos 33 anos (três a mais que o inglês), será que o sueco terá forças para suportar a artilharia do campeão da FIB?

A verdade é que Jack é um tipo de pugilista que tira o máximo proveito de seu talento limitado. Mas é satisfatório ver a entrega de Badou, que sempre proporciona bons espetáculos ao público. O panorama mais previsível para o combate é de que ele vá lutar duro por cada minuto dos subsequentes rounds e acumular pontos suficientes para conquistar a vitória em cima da decisão dos jurados. Um caminho tortuoso para o dono do cinturão da CMB.

 

DIFERENTES POSSIBILIDADES DE LUCRO

Por tudo o que foi dito, há uma boa indicação de que o duelo chegue aos 12 assaltos, em um palpite que garante a margem de resgate de 22%. E no caso da decisão técnica, o prêmio, caso DeGale vença, é de R$ 1,62/R$ 1. As mesmas condições, só que favoráveis a Badou Jack, proporcionariam o pagamento de R$ 5,50.

 

COMBATE PRELIMINAR

No mesmo ringue, teremos José “Sniper” Pedraza defendendo o título dos super-penas, pela Federação Internacional de Boxe (FIB), contra Gervonta “The One” Davis. Nossos odds apontam para a manutenção do cinturão de Pedraza, que vale o retorno de R$ 1,80/R$ 1. Mas a recompensa sobre o triunfo de Davis é praticamente a mesma: R$ 1,95/R$ 1.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar