Ganhador.com

Brasileirão Série A

Após saírem em desvantagem, São Paulo, Atlético-MG e Fluminense se recuperam na 33ª rodada do Campeonato Brasileiro

Surpreendidos em seus domínios, São Paulo, Atlético-MG e Fluminense mostram muita raça na busca por um resultado mais favorável no encerramento da rodada

foto: Bruno Cantini / Atlético-MG

Em uma rodada complicada para os mandantes – foram apenas 3 vitórias em 10 possíveis –, São Paulo, Atlético-MG e Fluminense tiveram que suar a camisa para buscar resultados mais favoráveis como mandantes na 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Deles, apenas o Galo levou os 3 pontos.

 

São Paulo 2 x 2 Chapecoense

Com gols de Reinaldo e Wellington Paulista, a Chapecoense manteve o tabu de nunca perder para o São Paulo na capital paulista. O 2 a 2 de ontem foi o terceiro empate em quatro confrontos entre as equipes – o primeiro terminou em vitória da Chape. Vitória, aliás, que poderia ter sido o resultado de ontem se a equipe catarinense tivesse sido competente em sua missão de administrar a vantagem de 2 a 0 conquistada com um gol em cada tempo do jogo.

Como se descuidou, a equipe alviverde permitiu ao tricolor uma reação que começou com o duvidoso gol de Gilberto (que estaria impedido no lance), aproveitando uma falha de Jandrei (de novo!) no cruzamento de Lucas Pratto aos 26 minutos do segundo tempo. O gol, como não poderia deixar de ser, recolocou o tricolor na partida e aos 37, Arboleda completou para o fundo das redes cobrança de escanteio à favor do São Paulo.

Nos minutos finais os dois times tentaram ensaiar alguma reação mas ficaram apenas na tentativa. O empate acabou sendo ruim para alviverdes e tricolores. Para o São Paulo, significou um tombo de duas posições na tabela de classificação, indo do 9º para o 11º lugar e se afastando mais um pouco da tão cobiçada vaga para a Libertadores. Para a Chape foi a perda de mais uma oportunidade de se distanciar ainda mais do Z-4 e afastar de vez o risco de queda – como, aliás, já fez o próprio São Paulo há três rodadas.

 

Atlético-MG 3 x 2 Atlético-GO

O Galo bem que tentou mas, mesmo ficando atrás no placar em duas oportunidades, foi incapaz de perder para o Atlético-GO – lanterna do Campeonato Brasileiro – ontem no Estádio da Independência (Horto). Com propostas de jogo bem ofensivas, os dois atléticos fizeram um duelo interessante e Diego Rosa colocou a equipe goianiense na frente. Fábio Santos, de pênalti, empatou e Andrigo, ainda no primeiro tempo devolveu a vantagem ao virtual rebaixado.

Oswaldo de Oliveira então mexeu no Galo e voltou com Luan no lugar de Cazares. Bastaram apenas 4 minutos da etapa complementar para o jovem atacante justificar seu bicho: 2 a 2 no Horto. Coube então a Fred a difícil tarefa de desempatar o jogo, aos 19 minutos.

Melhor em campo graças à presença de Luan, o Galo soube controlar o nervosismo do Atlético-GO e o jogo até o seu final. Com a vitória, o alvinegro alcança a 10ª posição, com 45 pontos, 5 a menos que o Flamengo, 7º colocado e último time com vaga na Libertadores 2018.

O Atlético-GO, por sua vez, segue na lanterna e procurando imóveis para investir na Série B.

 

Fluminense 2 x 2 Coritiba

O tricolor das Laranjeiras também passou sufoco ontem no Maracanã e precisou correr atrás do resultado contra o Coritiba, um concorrente direto na briga para fugir do rebaixamento. Pressionando no início da partida, o Fluminense sofreu com a falta de objetividade de seu ataque e abusou das bolas cruzadas na área adversária. Na parte final do primeiro tempo, o Coxa conseguiu equilibrar as ações e, na bola parada, Werley abriu para os visitantes.

Atrás no placar, o time de Abel Braga voltou “ligado” para o segundo tempo e aos 9 minutos o zagueiro Cléber Reis desvivou contra o próprio gol um cabeceio de Henrique: 1 a 1. Aos 11 minutos, Henrique Dourado completou de cabeça cruzamento de Lucas e fez, de cabeça, seu 17º gol no Brasileirão. Finalmente, aos 24 minutos, Cléber Reis – de novo, mas agora à favor –, marcou seu segundo gol no jogo e deu números finais ao duelo.

O empate, no final, foi ruim para os dois times que ainda lutam contra um eventual rebaixamento – o tricolor corre menos riscos neste momento e, vale lembrar, tem time pior que os dois prontinho pra ir para a Série B em 2018, mas futebol é um negócio imprevisível. Com 43 pontos, o Fluminense subiu uma posição e agora é o 12º colocado. O Coritiba, por sua vez, chegou aos 39 pontos e, na 15ª colocação, está a apenas 3 de distância do Sport que, com 36 pontos, abre o Z-4 na 17ª posição.

 

Jogos, resultados e palpites para a 33ª rodada do Campeonato Brasileiro

Quarta-feira, 8 de novembro de 2017

  • 19:30 – Ponte Preta 0 x 1 Grêmio – meu palpite havia sido: Grêmio
  • 19:30 – Avaí 1 x 2 Bahia – meu palpite havia sido: Bahia
  • 21:00 – Atlético-PR 0 x 1 Corinthians – meu palpite havia sido: Corinthians
  • 21:00 – Sport 1 x 2 Botafogo – meu palpite havia sido: Botafogo
  • 21:45 – Flamento 2 x 0 Cruzeiro – meu palpite havia sido: empate
  • 21:45 – Santos 1 x 2 Vasco – meu palpite havia sido: Vasco
  • 21:45 – Vitória 3 x 1 Palmeiras – meu palpite havia sido: empate

Quinta-feira, 9 de novembro de 2017

  • 20:00 – São Paulo 2 x 2 Chapecoense – meu palpite havia sido: empate
  • 21:00 – Atlético-MG 3 x 2 Atlético-GO – meu palpite havia sido: Atlético-MG
  • 21:00 – Fluminense 2 x 2 Coritiba – meu palpite havia sido: Fluminense

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar