UFC

Após derrotas, Chris Weidman finaliza Kelvin Gastelum e renasce no UFC Long Island

FOTO: Divulgação/UFC

A luta principal do UFC Long Island, realizado neste sábado, em Nova York (EUA), reservou um capítulo especial na carreira de Chris Weidman. O americano realizou o sonho de vencer dentro da Nassau Coliseum, arena que frequenta desde os tempos de criança, e, de quebra, se recuperou das três derrotas consecutivas no octógono, se recolocando no topo da divisão dos médios.

Depois de perder por nocaute para Luke Rockhold, Yoel Romero e Gegard Mousasi, Chris finalizou Kelvin Gastelum no terceiro round. O americano levou um susto no fim do primeiro round ao sofrer um knockdown após um poderoso direto do rival, mas usou sua experiência para se recuperar, voltar à luta e conseguir alcançar a finalização por katagatame no terceiro assalto.

O americano, que atualmente é o quinto colocado no ranking oficial, dá um suspiro. A má fase se foi e agora ele pode voltar a sonhar com uma nova chance pelo título. Mal acabou o combate contra Kelvin ele já tratou – acertadamente – de desafiar o campeão Michael Bisping. É bom lembrar que Bisping se tornou campeão em junho do ano passado ao substituir o próprio Weidman, que estava escalado para encarar Luke Rockhold na ocasião, mas acabou se machucando e saindo da disputa.

Com o triunfo, Weidman volta a ser uma figura forte na divisão, especialmente diante do panorama atual. O campeão absoluto, Bisping, está longe do octógono por conta de lesões, Robert Whittaker, campeão interino, também está na mesma situação, e Luke Rockhold, que também é top na divisão, teve seu retorno marcado contra David Branch, em setembro. Sobram Yoel Romero e Ronaldo Jacaré para Weidman como próximos desafios. O primeiro nocauteou o americano em novembro passado.

Apesar de um nível levemente abaixo dos nomes citados acima, Gastelum vinha em constante evolução e foi um desafio e tanto para Weidman. Um rival na medida certa para fazê-lo voltar a ganhar confiança para que ele possa desempenhar o talento e a capacidade que tem dentro do octógono.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar