Ganhador.com

Bundesliga

Alemanha: todos contra o Bayern de Munique

Foto: Peter Kneffel/dpa via AP

Bayern de Munique ainda tem melhor time e fez os maiores investimentos para manter a hegemonia nacional.

O Campeonato Alemão de 2017/18 tem 17 concorrentes a destronar o Bayern de Munique. Os 18 clubes estão divididos da seguinte forma: cinco da Renânia do Norte-Vestfália, três de Baden Württemberg, dois da Baviera e da Baixa Saxônia e um de Berlim, Bremen, Hamburgo, Hesse, Renânia-Palatinado e Saxônia. Confira abaixo os prognósticos de um dos mais importantes certames nacionais do planeta.

 

Obsessão: Europa

Pentacampeão alemão, o Bayern de Munique tem fracassado nas últimas campanhas europeias frente às equipes espanholas. Nos últimos quatro anos, os bávaros caíram diante de Real Madrid (duas vezes), Atlético de Madrid e Barcelona. A última “orelhuda” foi levantada em 2012/13.

Para tentar recuperar a hegemonia continental, o Bayern mexeu em algumas peças. Philipp Lahm, Tom Starke e Xabi Alonso se aposentaram. Medhi Benatia e Douglas Costa foram para a Juventus. Os alemães contrataram James Rodríguez, do Real Madrid, Kingsley Coman, da Juventus, e duas revelações do Hoffenheim: Niklas Süle e Sebastian Rudy. Além desses, três atletas do sub-19 subiram para os profissionais.

Em campo, a pré-temporada começou bem, com vitórias sobre Hoffenheim, Werder Bremen e Chelsea mas vieram derrotas frente a Milan, Internazionale, Liverpool e Napoli, acendendo o alerta vermelho de quem visa conquistar o continente. Na estreia da DFB Pokal, o quadro goleou o Chemnitzer por 5 a 0 e conquistou a Supercopa alemã ao superar o Borussia Dortmund nos pênaltis.

 

Borussia Dortmund é a segunda força

O Borussia Dortmund investiu quase € 50 milhões em contratações mas também decepcionou na pré-temporada. Chegaram Maximilian Philipp (ex-Friburgo), Dan-Axel Zagadou (ex-Paris Saint-Germain), Mahmoud Dahoud (ex-Borussia Mönchengladbach) e Ömer Toprak (ex-Bayer Leverkusen). Matthias Ginter foi a principal baixa ao acertar sua ida para o Borussia Mönchengladbach.

Os aureonegros venceram Urawa Red Diamonds, Milan e Rot Weiss Erfurt mas perderam de Español e Atalanta, além de empatarem com o Bochum. A Supercopa foi perdida na disputa de pênaltis para o Bayern de Munique. Na Copa, golearam o Rielasingen-Arlen por 4 a 0.

 

RasenBallsport Leipzig

A representação da antiga Alemanha Oriental foi a grande sensação da última liga, terminando sua campanha em segundo lugar. Para este ano, Davie Selke acertou com o Hertha Berlim e Antic Nukan com o Besiktas. Além deles, saíram Rani Khedira, Marius Müller, Felix Beiersdorf, Anthony Jung e Zsolt Kalmár.

A injeção de dinheiro do energético austríaco foi da ordem de € 40 milhões. Chegaram Bruma (ex-Galatasaray), Konrad Laimer (ex-Red Bull Salzburgo), Yvon Mvogo (ex-Young Boys) e Jean-Kévin Augustin (ex-Paris Saint-Germain).

Os alvirrubros golearam o Sportfreunde Dorfmerkingen na abertura da DFB Pokal por 5 a 0.

 

Competições da UEFA

Bayern de Munique, Borussia Dortmund e RasenBallsport Leipzig aguardam o sorteio dos grupos da Champions League, assim como Colônia e Hertha Berlim na Liga Europa.

O Hoffenheim perdeu anteontem do Liverpool pela Champions (2 a 1). Os alvianis foram uma das sensações da última Bundesliga e participam de uma contenda europeia pela primeira vez na história. Muitos heróis de 2016/17 deixaram o plantel por terem recebido proposta financeiras melhores. Para compensar, a instituição contratou. Entre os destaques estão três meio-campistas: o norueguês Havard Nordtveit, o austríaco Florian Grillitsch e o alemão Serge Gnabry.

Os alvianis da capital se reforçaram com o zagueiro Karim Rekik (ex-Marselha) e o atacante Davir Selke (ex-RasenBallsport Leipzig).

Já os de Colônia trouxeram o colombiano Jhon Córdoba (ex-Mainz 05) e o espanhol Jorge Meré (ex-Sporting Gijón).

 

2. Bundesliga

A segunda divisão alemã é uma das mais fortes da Europa. Nesta temporada, algumas agremiações famosas participam do torneio. Entre eles estão o Dínamo de Dresden, o Fortuna Düsseldorf, o Kaiserslautern, o Nuremberg e o St. Pauli.

Os rebaixados da elite, Ingolstadt e Darmstadt 98 também confirmaram presença, assim como os oriundos da terceira divisão: o tradicional Duisburgo, além de Holstein Kiel e Jahn Regensburgo.

As estatísticas apontam que o Union Berlim é o favorito, seguido pelo Eintracht Braunschweig e pelo Ingolstadt.

Os 18 participantes se enfrentam em turno e turno. Campeão e vice são promovidos e o terceiro colocado encara o antepenúltimo da 1. Bundesliga por uma vaga entre os grandes. No outro extremo da tabela, os dois últimos descem e o 16º encara o terceiro da série C valendo a permanência.

 

1ª rodada da 1. Bundesliga 2017/18

Sexta-feira, 18 de agosto:

  • 15h30: Bayern de Munique x Bayer Leverkusen – palpite : Bayern de Munique.

Sábado, 19 de agosto:

  • 10h30: Hertha Berlim x Stuttgart – palpite: Hertha Berlim.
  • 10h30: Hoffenheim x Werder Bremen – palpite: Hoffenheim.
  • 10h30: Wolfsburgo x Borussia Dortmund – palpite: Borussia Dortmund.
  • 10h30: Hamburgo x Augsburgo – palpite: empate.
  • 10h30: Mainz 05 x Hannover 96 – palpite: empate.
  • 13h30: Schalke 04 x RasenBallsport Leipzig – palpite: RasenBallsport Leipzig. 

Domingo, 20 de agosto:

  • 10h30: Friburgo x Eintracht Frankfurt – palpite: Friburgo.
  • 13h00: Borussia Mönchengladbach x Colônia – palpite: Borussia Mönchengladbach.

 

Favoritos ao título

  1. Bayern de Munique
  2. Borussia Dortmund
  3. RasenBallsport Leipzig
  4. Schalke 04
  5. Bayer Leverkusen
  6. Hoffenheim
  7. Borussia Mönchengladbach
  8. Werder Bremen
  9. Colônia
  10. Wolfsburgo
  11. Hertha Berlim
  12. Stuttgart
  13. Eintracht Frankfurt
  14. Hamburgo
  15. Hannover 96
  16. Mainz 05
  17. Friburgo
  18. Augsburgo

 

Os campeões

  • 1903 – 1. FC Lokomotive Leipzig
  • 1904 – —-
  • 1905 – SpVgg Blau-Weiß 1890 Berlim
  • 1906 – 1. FC Lokomotive Leipzig
  • 1907 – Freiburger FCeV
  • 1908 – BFC Viktoria 1889
  • 1909 – Karlsruher SCMPeV
  • 1910 – Karlsruher FV 1891 eV
  • 1911 – Berliner FC Viktoria 1889 eV
  • 1912 – Kieler SHv 1900 eV
  • 1913 – 1. FC Lokomotive Leipzig
  • 1914 – S Greuther Fürth eV
  • 1915 a 1919 – —-
  • 1920 – FC Schalke 04
  • 1921 – FC Schalke 04
  • 1922 – —-
  • 1923 – Hamburger SVeV
  • 1924 – FC Schalke 04
  • 1925 – FC Schalke 04
  • 1926 – S Greuther Fürth eV
  • 1927 – FC Schalke 04
  • 1928 – Hamburger SVeV
  • 1929 – S Greuther Fürth eV
  • 1930 – Hertha Berliner SCv 1892 eV
  • 1931 – Hertha Berliner SCv 1892 eV
  • 1932 – FC Bayern München eV
  • 1933 – Düsselforfer TuS Fortuna 1895 eV
  • 1934 – FC Schalke 04
  • 1935 – FC Schalke 04
  • 1936 – 1. FC Nürnberg
  • 1937 – FC Schalke 04
  • 1938 – Hannoverscher Sv 1896 eV
  • 1939 – FC Schalke 04
  • 1940 – FC Schalke 04
  • 1941 – SK Rapid Wien
  • 1942 – FC Schalke 04
  • 1943 – Dresdner S 1898 eV
  • 1944 – Dresdner S 1898 eV
  • 1945 a 1991 – —-
  • 1991/92 – VfB Stuttgart 1893 eV
  • 1992/93 – S Werder Bremen v 1899 eV
  • 1993/94 – FC Bayern München eV
  • 1994/95 – B Borussia 09 eV Dortmund
  • 1995/96 – B Borussia 09 eV Dortmund
  • 1996/97 – FC Bayern München eV
  • 1997/98 – 1. FC Kaiserslautern eV
  • 1998/99 – FC Bayern München eV
  • 1999/00 – FC Bayern München eV
  • 2000/01 – FC Bayern München eV
  • 2001/02 – B Borussia 09 eV Dortmund
  • 2002/03 – FC Bayern München eV
  • 2003/04 – S Werder Bremen v 1899 eV
  • 2004/05 – FC Bayern München eV
  • 2005/06 – FC Bayern München eV
  • 2006/07 – VfB Stuttgart 1893 eV
  • 2007/08 – FC Bayern München eV
  • 2008/09 – VfL Wolfsburgo eV
  • 2009/10 – FC Bayern München eV
  • 2010/11 – B Borussia 09 eV Dortmund
  • 2011/12 – B Borussia 09 eV Dortmund
  • 2012/13 – FC Bayern München eV
  • 2013/14 – FC Bayern München eV
  • 2014/15 – FC Bayern München eV
  • 2015/16 – FC Bayern München eV
  • 2016/17 – FC Bayern München eV

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar