Ganhador.com

Notícias

A Premier League virou a “Premier Manchester”: como City e United podem empatar em tudo, até em gols marcados e sofridos?

Foto: Stu Forster/Getty Images

Temporada 2017/2018 vê igualdade impensável entre as equipes de Guardiola e de Mourinho. Pena que o clássico entre ambos vai ser só em 9 de dezembro…  

Líderes empatados em absolutamente tudo. Assim estão Manchester City e Manchester United na parte de cima da tabela do Campeonato Inglês, a cada vez mais famosa Premier League. A possibilidade de mudança na ordem de forças (e que força!) da competição poderia ocorrer na quinta rodada, neste final de semana, mas ficou para depois. Pobres Watford e Everton: foram massacrados por City e United.

Gabriel Jesus e Kun Agüero mantêm tradição das duplas históricas

Os jovens aprenderam a torcer pelo futebol europeu aplaudindo Neymar e Messi e observando como podem ser eficientes as duplas de ataque envolvendo brasileiros e argentinos. Quem tem um pouco mais de bagagem pode se lembrar de Maradona e Careca no Napoli. E os mais antigos morrem de saudade até hoje dos tempos em que Alfredo di Stéfano e Evaristo de Macedo destruíam as defesas pelo Real Madrid na década de 50.

 

Pois Gabriel Jesus e Sergio “El Kun” Agüero sugerem neste arranque de Premier League que estão à altura do entrosamento de tais craques. E quem sofreu foi o pobre Watford, arrasado em sua casa com um 6×0 daqueles que só as grandes equipes conseguem.

 

Longe de ser um saco de pancadas, o Watford estava invicto (!) até a surra. Havia vencido duas e empatado duas nas primeiras quatro rodadas – e precisou logo buscar seis bolas no fundo das redes. Foram três de Agüero e um do “Bom Menino” Jesus, como Gabriel, no frescor dos seus 20 anos, é chamado no Brasil.

 

Agüero não é tão comemorado na Argentina, mas sua eficiência na Inglaterra é indiscutível. Ele é o maior artilheiro da história do Campeonato Inglês a não nascer na Europa.

 

Esta não é a primeira grande goleada do City de Pep Guardiola nesta Premier League. O time arrasou também o Liverpool por 5×0 no último dia 9. Ou seja: são 11 gols marcados e nenhum sofrido no campeonato que é tido como da elite mundial. Um espanto.

Os Diabos estão vermelhos (de raiva…)

A espetacular fase do City está chocando o Manchester United. Depois de uma campanha pífia no ano passado, quando sonhou em ser campeão e precisou se contentar apenas com uma desagradável sexta colocação, o time do muitas vezes insuportável José Mourinho não esperava que a sua excelente largada na atual temporada tivesse a concorrência tão próxima dos vizinhos azuis.

 

O United certamente esperava estar na liderança. E Mourinho certamente contava em estar por cima de todos para destilar sua já famosa arrogância de “The Special One”. Mas os Diabos Vermelhos não conseguiram manter a liderança mesmo com a campanha espetacular de quatro vitórias, um empate e nenhuma derrota, com 16 gols marcados e somente dois sofridos. São rigorosamente esses os números que o City também ostenta ao final das cinco rodadas.

 

Se o City tem Agüero, o United tem o belga Romelu Lukaku, de 24 anos. Ironia das ironias: o empate entre os clubes é visto também entre os artilheiros da Premier League. Agüero e Lukaku têm cinco gols cada um. Gabriel Jesus marcou quatro, e o francês Anthony Martial, do United, com três, vem a seguir.

 

Querendo provar que a boa campanha do City não merece holofotes exclusivos, o United arrasou o Everton por 4×0 no Old Trafford no domingo. O Everton surgia como adversário mais fraco que o Watford: depois desta rodada está no Z-3 da Premier League, ocupando apenas a 18ª colocação, com meros quatro pontos em cinco jogos.

E o resto?

A Premier League é tida como a liga nacional mais equilibrada do mundo pela quantidade de equipes com chances de título. Além do duo de Manchester, o atual campeão Chelsea, o Liverpool e o Arsenal formam a lista contínua de candidatos à taça.

 

Mas é bem capaz que neste ano todos esses demais briguem entre si para ver quem não vai dar papelão.

 

O Chelsea está só três pontos atrás de City e United, verdade, mas a equipe demonstra estar bem distante do nível dos líderes. Marcou só metade dos gols (8 a 15) e sofreu mais que o dobro (5 a 2).

 

O Liverpool está em oitavo, com o Arsenal em uma preocupante 12ª colocação.

 

Não há como fugir. A Premier League neste ano será mesmo a Premier Manchester. Que chegue logo o sábado 9 de dezembro com o United x City no Old Trafford!

Jogos da 5ª rodada da Premier League

Crystal Palace 0x1 Southampton

Huddersfield 1×1 Leicester

Liverpool 1×1 Burnley

Newcastle 2×1 Stoke City

Tottenham 0x0 Swansea City

Watford 0x6 Manchester City

West Brom 0x0 West Ham

Bournemouth 2×1 Brighton

Chelsea 0x0 Arsenal

Manchester United 4×0 Everton

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar