Brasileirão Série A

26ª rodada: Líder, Corinthians quer aproveitar ressaca do campeão Cruzeiro para recuperar seu embalo no Mineirão

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Timão visita a Raposa no palco da decisão da Copa do Brasil, com adversário já pensando na temporada que vem

Depois de vários meses seguidos funcionando como um relógio, o Corinthians do técnico Fábio Carille enguiçou em setembro: a equipe foi eliminada da Copa Sul-Americana e passou a ter um aproveitamento de pontos apenas razoável no Brasileirão (nos últimos cinco jogos, foram duas vitórias, duas derrotas e um empate). Como o Timão já havia construído uma belíssima vantagem na ponta da tabela, a situação do líder ainda é mais do que confortável: dez pontos o separam do segundo colocado, o Santos. Mas se não quiser sofrer na reta final da competição, o alvinegro precisa retomar o ritmo vencedor.

Para isso, nada melhor do que enfrentar um adversário que já não tem muito que fazer na temporada. Na última quarta-feira, o Cruzeiro conquistou o penta da Copa do Brasil superando o Flamengo nos pênaltis. O elenco caiu na farra, merecidamente – e deve chegar para o jogo de domingo (1), às 16h (de Brasília), literalmente de ressaca. “Estou indo bêbado para a academia correr. Estou sendo profissional acima de tudo e vou botar para fora para beber de novo”, disse Rafael Sóbis, um dos artilheiros do torneio, no dia seguinte à conquista. Será que o Corinthians vai pegar uma moleza no Mineirão?

 

Jô fora e Jadson sumido

Depois de arrancar um empate diante do São Paulo na última rodada, o Corinthians teve uma péssima notícia: a perda de seu principal jogador na atualidade, o artilheiro Jô, por cerca de dez dias. Com uma contratura na panturrilha, o atacante está fora do grupo que viaja a Belo Horizonte. Carille treinou a equipe durante a semana com Kazim no comando do ataque – uma opção que não chega a empolgar a torcida, mas que conta com o apoio dos jogadores. “Ninguém é insubstituível”, disse o zagueiro Balbuena, dando força a Kazim nesta boa chance de mostrar serviço.

Quem deve municiar o gringo é o meia Jadson, que chegou a treinar entre os reservas no decorrer da semana, mas ressurgiu entre os titulares no coletivo de quinta. É bom Jadson reaparecer também na hora do jogo: o armador tem atuado mal e foi substituído logo no intervalo no clássico do Morumbi. Além dele, Gabriel também tem sido criticado. Por outro lado, Marquinhos Gabriel e Clayson têm agradado e pedem passagem na equipe. Essa briga por uma vaga no time titular deve servir para deixar o Corinthians ainda mais ligado na partida do fim de semana em Minas Gerais.

 

Raposa quase de férias

Depois de amargar o vice-campeonato estadual na final diante do arquirrival Atlético-MG, o Cruzeiro começou mal no Brasileirão e ficou muito para trás na tabela. Restou a Copa do Brasil, e o time do técnico Mano Menezes agarrou a chance de erguer uma taça em 2017 com unhas e dentes. A Raposa fez uma campanha irretocável, despachando São Paulo, Palmeiras e Grêmio antes de superar o Fla na decisão. Só que agora vem o relaxamento natural de quem já conquistou um título importante na temporada e já está garantido na Copa Libertadores 2018.

Em quinto lugar na tabela, com 40 pontos, o Cruzeiro sabe que alcançar o Corinthians na ponta é quase impossível. Com isso, deve usar o resto de 2017 para já ir preparando o terreno para a próxima temporada. Assim, Mano deverá aproveitar para avaliar diversos jogadores que não foram a campo na quarta porque chegaram depois do encerramento das inscrições para a Copa do Brasil – casos de Sassá e Messidoro, por exemplo. Suspenso na decisão de quarta, Sóbis deverá curar a ressaca jogando no domingo. Mas a única presença totalmente garantida até agora é a do escudo de campeão da Copa do Brasil, que fará sua estreia na camisa celeste já neste fim de semana.

 

Palpite

É verdade que jogar sem compromisso ou pressão pode ser uma ótima para um time de futebol – uma sensação que explica inúmeras zebras em partidas envolvendo times que já estão rebaixados ou eliminados de uma competição. O Cruzeiro, porém, não apenas está relaxado por não ter mais o que buscar nesta temporada como também está desgastado por toda a tensão que cercou a final de quarta, sem contar a festa do título. Em meio a esse cenário, o Corinthians tem tudo para superar as dificuldades e somar três pontos importantíssimos fora de casa, reencontrando a rotina de vitórias e mantendo sua ótima folga na ponta. Cravamos 2×0. E você?! Qual seu palpite para o domingo no Mineirão?!

 

Jogos da 26ª rodada do Brasileirão da Série A 2017

Sábado, 30 de setembro

  • 16:00 – Vasco x Chapecoense – Palpite: Empate
  • 16:00 – Bahia x Coritiba – Palpite: Bahia
  • 19:00 – Palmeiras x Santos – Palpite: Empate

Domingo, 1o de outubro

  • 16:00 – Botafogo x Vitória – Palpite: Botafogo
  • 16:00 – São Paulo x Sport – Palpite: São Paulo
  • 16:00 – Cruzeiro x Corinthians – Palpite: Corinthians
  • 16:00 – Grêmio x Fluminense – Palpite: Grêmio
  • 16:00 – Avaí x Atlético-GO – Palpite: Avaí
  • 19:00 – Atlético-PR x Atlético-MG – Palpite: Atlético-MG

Segunda, 2 de outubro

  • 20:00 – Ponte Preta x Flamengo – Palpite: Empate

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.